Usos da n-acetilcisteína

7396 palavras 30 páginas
INTRODUÇÃO

A N-acetilcisteína é um composto tiólico, com ação mucolítica, utilizado primariamente em doenças obstrutivas e congestivas pulmonares e utilizado mais recentemente no tratamento de SARA e intoxicação por acetaminofeno.

Pelas características de sua estrutura química, deduz-se que tenha propriedades antioxidantes, possuindo ação direta como depurador de radicais livres e, por ação indireta, como substrato para a glutationa peroxidase, estimulando a síntese da glutationa, e assim prevenindo a oxidação e degradação do óxido nítrico (ON). Compostos tiólicos e a glutationa são importantes no balanço do estresse oxidativo; níveis diminuídos desses compostos resultam em aumento da oxidação de ON em nitrato e
…exibir mais conteúdo…
Os níveis de glutationa também aumentaram, confirmando a conversão da NAC em cisteína e glutationa (Figura 4). A NAC pode ser encontrada no plasma e no tecido pulmonar em três formas diferentes:
• livre (NAC inalterada e respectivos metabolitos);
• ligado (fracamente e de maneira reversível) a proteínas plasmáticas; e
• incorporada a cadeias polipeptídicas (Zambon, 2006).

A diferença entre a NAC ligada a proteínas plasmáticas e a de forma livre deve corresponder à NAC incorporada a cadeias polipeptídicas, que provavelmente age como um reservatório do grupo sulfidrila.

[pic]
Figura 4: Aumento dos níveis de tiol na veia porta após administração
Da NAC por via oral em camundongos.

Distribuição

Em um estudo realizado em 10 pacientes, a radioatividade total no plasma, no tecido pulmonar e nas secreções brônquicas, foi medido após a administração por via oral de 100 mg de S-NAC. A radioatividade alcançou concentração máxima no plasma após 2 a 3 horas e ainda podia ser detectada após 24 horas. Após 5 horas, a radioatividade no tecido pulmonar foi comparável à do plasma. A presença de pequenas quantidades de radioatividade nas secreções brônquicas indicou que a NAC penetrou no muco (Zambon, 2006).

Outros estudos farmacocinéticos demonstraram um volume de distribuição da NAC entre 0,33 e 0,47 L/kg, com quantidades detectáveis da substância nos rins, no fígado, nas glândulas

Relacionados

  • Farmacologia respiratoria
    2706 palavras | 11 páginas
  • Drogas mucoativas e antitussigenas
    8037 palavras | 33 páginas
  • Estudo de caso sobre pancreatite aguda
    3957 palavras | 16 páginas
  • Expectorantes, broncodilatadores e codeína
    1874 palavras | 8 páginas
  • FARMACOLOGIA
    6196 palavras | 25 páginas
  • SAmba
    1905 palavras | 8 páginas
  • Classes Terapeuticas
    2271 palavras | 10 páginas
  • Resumo para plantão de emergência
    7156 palavras | 29 páginas
  • Relatório de estágio em medicamentos
    4353 palavras | 18 páginas