VITIMOLOGIA: Quando a vítima contribui para realização do delito

6124 palavras 25 páginas
VITIMOLOGIA: Quando a vítima contribui para realização do delito ELISIANE DE LISIEUX FERREIRA

Sumário: Introdução, 1 Conceito de vitimologia, 2 Escolas da Vitimologia, 3 Conceito de Vítimas, 4 Classificação de Vítimas, 5 Visão do Código Penal em relação à vítima, 6 A colaboração da vítima na prática do delito, 7 Análise de caso: As vítimas contribuem para realização do delito e sua relação com os vitimadores, Conclusão, Referências Bibliográficas.
Resumo: Este artigo visa apontar sucintamente o conceito de vitimologia e o envolvimento da vítima, de todas as formas, no delito desde o seu eclodir até as suas consequências; através de uma breve visão
…exibir mais conteúdo…
O estudo da vítima referente à sua personalidade, seja do ponto de vista biológico, psicológico e social, seja referente à proteção social ou jurídica, relacionando com os meios de vitimização, correlacionando com o vitimizador e aspectos interdisciplinares e comparativos.
A criminologia se delimita não só com o penal, tendo outras áreas de estudos e conhecimento que se entrelaça com a Sociologia, Antropologia e a Psicologia. Alguns penalistas classificam a vitimologia como um ramo da Criminologia, sendo que outros consideram como uma ciência auxiliar da Criminologia.
Acreditava-se no passado que a vítima era sempre inocente e o vitimizador sempre o único culpado. Mas com estudos apurados descobriu-se que a vítima pode contribuir de várias formas para realização do delito. Esse é ponto enfocado e debatido em vitimologia, que busca analisar que a vítima pode desempenhar papel importantíssimo, para a realização do delito em geral. Com o estudo apurado da vítima pode-se evidenciar a influência desta na prática do delito.
No direito Penal e Processo Penal, a vítima é relegada ao esquecimento, suas ansiedades são deixadas de lado e a reparação do dano é meras conjecturas, não sendo prescindível e prioritário. A política criminal não pode ficar limitada deve prescindir que a vítima pode ser

Relacionados

  • Politica Criminal
    13209 palavras | 53 páginas
  • Violência doméstica contra a mulher
    11294 palavras | 46 páginas
  • Casos concretos de psicologia - estácio
    7086 palavras | 29 páginas