a Balada e Narayama

930 palavras 4 páginas
RESENHA

Título Original: A Balada de Narayama
Ano de Produção: 1983
Direção Shohei Imamura

A Balada de Narayama retrata um cenário que se passa em um vilarejo da região do Japão que mantinha uma prática ligada à cultura popular que instituía uma tradição, que para os dias de hoje é um tanto quanto cruel.
Isolados entre as montanhas seus habitantes têm um cotidiano restrito basicamente à produção de alimentos além da alimentação escassa, pobreza e miséria havia também a dura luta pela sobrevivência, esse vilarejo mantinha uma tradição que ao completar 70 anos de idade, os moradores deveriam subir ao topo da montanha Narayama, local sagrado para esperar por sua morte sozinhos e um dos sinais evidentes de que o momento da
…exibir mais conteúdo…
Mas seu filho Tatsuhei não se conformava em ter de cumprir a tradição e levar sua mãe à montanha Narayama e chegando o momento da subida, ao ameaçar que iria contrariar o costume sua mãe, com a firmeza de sempre, convence-o para que aceite o que está determinado. É a tradição!
Apesar de o filme ser do ano de 1983 podemos identificar alguns pensamento antes levantados e estudados por Émile Durkheim em 1893, ele acreditava que nem tudo que uma pessoa faz é um fato social, para ser um fato social tem de atender a três características: generalidade, exterioridade e coercitividade isto é, o que as pessoas sentem, pensam ou fazem independente de suas vontades individuais, é um comportamento estabelecido pela sociedade, onde os detalhes relativos ao que é preciso fazer, e ao que é preciso crer, são impostos pela consciência coletiva. Foi o que aconteceu com a personagem principal, o grupo social em que ela pertencia estabeleceu que ela devesse subir a montanha, e em nenhum momento eles levaram em conta sua vontade.
Eles viviam segundo Durkheim em uma solidariedade mecânica onde a consciência individual se submete a consciência coletiva, eles compartilham os mesmos, sentimentos, valores, crenças e reconheciam os mesmos objetos como sagrado, tendo como característica o direito repressivo manifestando a força dos sentimentos comuns, sua extensão e sua particularidade.
Podemos também identificar no filme a questão do suicídio estudado por

Relacionados