a dominação masculina

4688 palavras 19 páginas
A dominação masculina: apontamentos a partir de Pierre Bourdieu Adriana de Souza
Resumo
O artigo a seguir se propõe a levantar reflexões sobre a dominação masculina, a partir do trabalho de Pierre Bourdieu entre os Cabila. Para tanto a reflexão passa pela afirmação bourdieuana de que a ordem masculina do cosmos está corporificada, fazendo vítimas tanto ao homem quanto a mulher, mulher esta que apesar de viver a dominação é também sujeito neste processo, sujeito dominado, mas o é. Por fim, mostra-se como a Igreja tem um papel importante na construção e perpetuação das identidades de gênero, por ser um agente especializado, sacralizando o que está no habitus humano.
Palavras–chave: dominação masculina, habitus, gênero e igreja.

Devo dizer que este texto trata-se de algumas idéias iniciais, que pretende trazer alguns elementos para discussão sobre A Dominação Masculina, que devem ser melhor analisadas e articuladas dentro de uma gama de autoras e autores que trabalham o tema e dentro da própria sociologia de Pierre Bourdieu.
Nosso intuito nesta breve reflexão é analisar a dominação masculina a partir de Pierre Bourdieu em diálogo com autoras feministas como Michelle Perrot (1988), Débora Sayão (2003), Tânia Fonseca (2001) e Mariza Corrêa (1999). Em seguida levantar a questão da mulher enquanto sujeito dominado, tomando aqui a idéia de sujeito pós-estruturalista, baseada especialmente em Foucault. A última parte do nosso trabalho é uma tentativa de avaliar a Igreja

Relacionados

  • A dominação masculina - pierre bourdieu
    1980 palavras | 8 páginas
  • Pica dura e vagina sangrenta
    1325 palavras | 6 páginas
  • Resenha crítica - violência contra as mulheres e violência de gênero: notas sobre estudos feministas no brasil.
    1640 palavras | 7 páginas
  • Evolução histórica do papel sócio cultural da mulher.
    2094 palavras | 9 páginas
  • Empoderamento
    2631 palavras | 11 páginas
  • a posição das mulheres no direito
    1049 palavras | 5 páginas
  • FEMINISMO e PÓS FEMINISMO
    1385 palavras | 6 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DO TEXTO A SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO DE PIERRE BOURDIEU: LIMITES E CONTRIBUIÇÕES
    954 palavras | 4 páginas
  • Desigualdades sociais no âmbito do trabalho: análise da divisão sexual do trabalho
    4700 palavras | 19 páginas