a mala de hana

304 palavras 2 páginas
Resumo do livro: A MALA DE HANA
O livro “A Mala de Hana” conta a história de uma garota judia chamada Hana Brady, nascida em 16 de maio de 1931, em uma pequena cidade da atual República Tcheca, Nove Mesto. Hana vivia em completa alegria e harmonia com seus pais e seu irmão, George, até que o Holocausto começou. O Holocausto foi criado por Adolf Hitler e foi a pior coisa que poderia acontecer com os judeus da época. Ele proibia as crianças a ir à escola e mais tarde passou a proibir as pessoas judias a sair nas ruas da cidade. Hana foi separada dos pais e depois dos tios. Foi enviada junto ao seu irmão, para Theresienstadt pelos soldados nazistas e lá foi separada dele. Depois daquele dia Hana só viu o irmão mais uma única vez antes de ser enviada junto com outras garotas para Auschwitz para morrerem na Câmara de Gás. Hana morreu em outubro de 1944, Auschwitz. É uma história baseada em fatos reais, porém muito triste. Ela nos mostra como era cruel a vida das crianças e adultos judeus na época do Holocausto. O livro conta, simultaneamente, duas histórias. A da Hana Brady e a de Fumiko Ishioka. Fumiko era uma jovem japonesa que recebera a mala de Hana misteriosamente e se interessou sobre o assunto do Holocausto e procurou informações em museus de Teresin e conseguiu o contato de George Brady e enviou-lhe uma carta. George viu como Fumiko realmente queria saber da sua história e a de sua irmã e resolveu ir até ela. Ao chegar em Tóquio, George contou a

Relacionados

  • a mala de hana
    1033 palavras | 5 páginas
  • Linguagens
    6730 palavras | 27 páginas