colangite

914 palavras 4 páginas
Colangite

1.Definição É um termo utilizado na medicina para designar uma inflamação das vias biliares.

2. Etiologia Pode ser causada por inúmeros fatores, provocando distinções entre os tipos de colangite. A colangite ascendente é provocada, principalmente, por infecções bacterianas. As bactérias que migram do intestino para as vias biliares e podem acabar provocando a colangite ascendente, daí o nome da enfermidade. A colangite esclerosante primária é mais rara, acredita-se ter origem auto-imune levando a uma inflamação dos ductos biliares e acomete menos as mulheres. A disfunção atinge principalmente pessoas com mais de 40 anos de idade e neoplasias malignas se tornam muito mais prováveis.
…exibir mais conteúdo…
Já a colangite esclerosante secundária produz sinais e sintomas como: Febre; Calafrios; Dores abdominais; Icterícia; Náuseas.

5. Quadro Clínico: As manifestações clínicas das colangites são bastante peculiares e podem apresentar diferenças dependendo do local acometido e da causa de tais transtornos. Diante dos primeiros sinais as pessoas logo tendem a procurar por ajuda médica, já que sintomas incômodos como febre, calafrios e dores abdominais estão envolvidos. A colangite esclerosante primária requer medidas mais invasivas para a certeza do diagnóstico. Ao observar o quadro clínico do paciente o médico pode solicitar uma biópsia hepática para análise profunda do material recolhido. A do tipo esclerosante secundária é detectada basicamente pelo histórico da pessoa e por avaliações clínicas. Para a confirmação do diagnóstico o profissional costuma pedir exames de imagens com o intuito de detectar dilatações dos canais, a presença de cálculos e até mesmo tumores.

6. Quadro Laboratorial: Uma infecção bacteriana das vias biliares pode ser diagnosticada através de exames de sangue em busca de colestase. Leucocitose com desvio, hiperbilirrubinemia e aumento da fosfatase alcalina, gama GT, TGO e TGP. Hemoculturas frequentemente positivas.

7. Exames de Imagem: Uma ultrassonografia também pode ser considerada para avaliação

Relacionados

  • Estudo de caso: icterícia
    6239 palavras | 25 páginas
  • O que é hepatograma?
    3123 palavras | 13 páginas
  • Hidatidose
    2805 palavras | 12 páginas
  • A dosagem da ast e alt
    1726 palavras | 7 páginas
  • Estudo de caso Aplicação SAE
    8429 palavras | 34 páginas
  • Parasitos de peixes que podem infectar o ser humano
    1669 palavras | 7 páginas
  • Colelitíase
    4616 palavras | 19 páginas
  • questoes de estudo de patologia
    10251 palavras | 42 páginas
  • Estudo de caso - lúpus eritematoso sistêmico (les)
    4526 palavras | 19 páginas
  • Difilobotriase
    1716 palavras | 7 páginas