conceito de pearson acidos duros e moles

1917 palavras 8 páginas
INTRODUÇÃO

Os ácidos e bases têm varias definições desde Arrhenius, Brönsted e Lowry e Lewis, mas foi com Pearson que se teve o conceito de duros e moles. Embora a regra de duro-mole seja basicamente pragmática e permita a previsão de propriedades químicas, é interessante verificar as bases teóricas deste efeito. Importância relativa dos vários fatores possíveis que devem afetar a força das interações duro-duro e mole-mole. Além disso, é provável que vários fatores possam ter importâncias diferentes; dependendo da situação em particular. As discussões seguintes devem ser consideradas como idéias preliminares em áreas de interesse relativamente novas; trabalho mais amplo provavelmente esclarecerá o quadro.

01. FUNDAMENTAÇÃO TEORICA
Ralph G. Pearson (Chicago, 1919 — ). Químico estadunidense que nasceu em Chicago. E sua maior contribuição para a ciência resultou no desenvolvimento dos conceitos de eletronegatividade e dureza absoluta, que são mais conhecidos como Teoria de Pearson para ácidos e bases duros e moles, uma extensão do conceito de Ácido-Base de Lewis. Obteve seu doutorado em 1943 pela Universidade de Northwestern onde se tornou professor e trabalhou até 1976,transferindo-se então para Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara. Recebeu o prêmio de Química Inorgânica da Sociedade Americana de Química(American Chemistry Society)e se

Relacionados

  • Diferenciação de Ácidos Oxidantes e Não-Oxidantes
    1266 palavras | 6 páginas
  • Relatorio acidos e bases
    2112 palavras | 9 páginas
  • Conceitos de ferro e aço
    5544 palavras | 23 páginas
  • Propriedades funcionais de ácidos e base
    1664 palavras | 7 páginas
  • Ferramenta de material duro
    1940 palavras | 8 páginas
  • Conceitos de e-service
    18104 palavras | 73 páginas
  • Evolução e conceito de cidadania
    1769 palavras | 8 páginas
  • Conceitos de internet e intranet
    2586 palavras | 11 páginas