confeitaria no brasil

1434 palavras 6 páginas
Aline Conceição
Frúvia Andrade
Gilcélia Queiroz
João Paulo Soares
Jordânia São Leão
Lídia Natividade
Michele Santos

História da Confeitaria Brasileira

Salvador
2013

Aline Conceição
Frúvia Andrade
Gilcélia Queiroz
João Paulo Soares
Jordânia São Leão
Lídia Natividade
Michele Santos

História da Confeitaria Brasileira

Trabalho apresentado á disciplina Confeitaria sobre o comando da professora Josenice Guimarães, no curso Gastronomia como requisito parcial de avaliação.

Salvador
2013

Introdução

A história da confeitaria é sem dúvidas fascinante, cada doce possui em sua origem uma história de amor, a comemoração de uma grande vitória ou, até mesmo, o medo de
…exibir mais conteúdo…
A princípio, os doces conventuais portugueses se difundiram, mas logo foram sendo enriquecidos por ingredientes nativos, como frutas em geral e mandioca.
O ciclo da cana-de-açúcar teve também papel fundamental, pois havia abundância de matéria prima para a produção de doces. Nos engenhos e fazendas, fazia parte do lazer das sinhás o preparo de doces, bolos e compotas.
Os primeiros doces genuinamente brasileiros foram o pé-de-moleque, a paçoca, a rapadura, a mãe benta (espécie de broa), a cocada, os quindins de Iaiá, além dos bolos de mandioca.
O primeiro bolo de farinha a se adaptar no Brasil foi o pão-de-ló, de origem portuguesa.
A comercialização da Confeitaria que temos atualmente, começou com a influência dos imigrantes franceses, italianos, portugueses e alemães e com a introdução de novos equipamentos e máquinas que facilitam o trabalho do confeiteiro, que passou a ter mais tempo para ler e desenvolver receitas mais requintadas, melhorando a qualidade dos doces.
No Brasil, a confeitaria nacional se desenvolveu a partir das receitas conventuais portuguesas, que aos poucos foram adaptadas aos nossos ingredientes e clima. Pode-se dizer que a história da confeitaria brasileira é como a história do próprio povo brasileiro, marcada pela miscigenação. As receitas vinham de Portugal, muitas vezes com influências italianas e francesas e aqui sofriam mudanças.

Relacionados

  • A origem da Confeitaria no Brasil
    1192 palavras | 5 páginas
  • Tcc de gastronomia
    1793 palavras | 8 páginas
  • Brunella
    5845 palavras | 24 páginas
  • Relatório de Visita Técnica - Confeitaria Maomé - Porto Alegre/RS.
    4489 palavras | 18 páginas
  • Confeiteiro Noções básicas de confeitaria
    4826 palavras | 20 páginas
  • canção
    4917 palavras | 20 páginas
  • Design lúdico aplicado ao projeto de interiores comercial
    1577 palavras | 7 páginas
  • Atps de econômia
    6681 palavras | 27 páginas
  • Plano de negócios : confeitaria
    10293 palavras | 42 páginas
  • Logística
    1031 palavras | 5 páginas