dissolução da sociedade conjugal

7619 palavras 31 páginas
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO

A convivência humana, em seus diversos tipos de relacionamentos, com os passar dos anos, ganhou uma infinidade de contornos, cada qual com suas peculiaridades e sutilezas.

Inicialmente, em uma sociedade regida pela profunda religiosidade, a dissolução do vínculo matrimonial era inconcebível. Entretanto, com o passar dos anos, a sociedade foi evoluindo e aceitando a ideia de que o matrimônio não é indissolúvel.

A partir do presente trabalho, será explicitado o caminho percorrido pela legislação brasileira, para chegar até a concepção de divórcio admitida atualmente, bem como as inúmeras discussões doutrinárias acerca do instituto da separação, seja ela consensual ou litigiosa.

Por fim, busca-se compreender um dos mais complexos processos, que mostram o lado mais íntimo dos seres humanos, qual seja, a vida conjugal e a capacidade de amar o outro. Além do mais, o presente busca elucidar os pontos mais importantes, acerca dos institutos que tem como finalidade pôr fim ao casamento.

2. SEPARAÇÃO

2.1 SEPARAÇÃO JUDICIAL POR MÚTUO CONSENTIMENTO

2.1.1 Características

A também chamada separação amigável ou consensual, é aquela separação judicial requerida por ambas às partes por mutuo consentimento, sob todos os termos da separação.

Segundo Tereza Lopes (apud GONÇALVES, 2013, p.228)1,

A separação consensual é essencialmente um acordo entre duas partes (cônjuges) que têm por objetivo dar fim á sua

Relacionados

  • Quadro COmparativo das Sociedades Empresárias
    3054 palavras | 13 páginas
  • Antropologia das sociedades complexas
    1593 palavras | 7 páginas
  • Dissolução da sociedade conjugal
    9240 palavras | 37 páginas
  • Sociedade da borracha
    1393 palavras | 6 páginas
  • Sociologia da sociedade brasileira
    5643 palavras | 23 páginas
  • Sociedade da Informação
    5766 palavras | 24 páginas
  • Macdonalização da Sociedade
    5154 palavras | 21 páginas
  • Conflito conjugal impacto no desenvolvimento psicologico da criança e do adolescente
    7409 palavras | 30 páginas
  • Resenha Formas Urbanas: A Dissolução da Quadra
    1136 palavras | 5 páginas