fashion law

10271 palavras 42 páginas
Fashion Law: O Direito e a moda.
Trata-se de estudo realizado com o fito de demonstrar a relação entre moda e Direito. O presente artigo atesta que as criações de moda podem ser protegidas pelo instituto da propriedade intelectual e ilustra isso com casos judiciais e extrajudiciais.
Texto enviado ao JurisWay em 09/12/2013. Indique aos amigos 1 DIREITO AUTORAL E PROPRIEDADE INDUSTRIAL COMO ESPÉCIES DO GÊNERO PROPRIEDADE INTELECTUAL Devido a seu notório crescimento, a moda se tornou uma indústria multimilionária, que, segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT) movimenta milhões a cada ano. Com isso, o mercado fashion tem criado uma forte relação com o mundo jurídico, uma vez que o design e as criações de estilistas só podem ser protegidas por meio do Direito, mais especificamente pelo instituto propriedade intelectual. A proteção das criações de moda por meio do mencionado instituto é essencial para impedir que elas sejam copiadas desenfreadamente. De acordo com Chimenti (2012), “a exclusividade de um design agrega valor ao produto e é isso que move o lado financeiro do mundo da moda”. A cada ano, profissionais do ramo da moda colocam em prática ideias inovadoras, essenciais para o desenvolvimento de coleções com desenhos exclusivos. Estes, posteriormente, tornar-se-ão desejados por homens e mulheres em diversas partes do globo. De modo a tutelar as criações de moda, protegendo, assim, seu caráter exclusivo, é necessário compreender

Relacionados

  • Slow fashion
    2613 palavras | 11 páginas
  • Jus cogens e soft law
    841 palavras | 4 páginas
  • ZARA: Fast Fashion
    2143 palavras | 9 páginas
  • O vestuário de moda sob a ótica da gestalt com o discurso de roland barthes
    2615 palavras | 11 páginas
  • O Sistema Do Common Law
    5182 palavras | 21 páginas
  • Direito Internacional - Soft Law
    1072 palavras | 5 páginas
  • TRADUÇÃO TEXTO FASHION
    3926 palavras | 16 páginas
  • EDITORIAIS DE MODA E A INFLUÊNCIA NA AUTOESTIMA DA MULHER PLUS SIZE
    2866 palavras | 12 páginas
  • “Julgar nos Estados Unidos e na França: Cultura Jurídica Francesa e Common Law em uma Perspectiva Comparada” Antoine Garapon Resumo
    421 palavras | 2 páginas
  • fast fashion
    1617 palavras | 7 páginas