herança deixada pelos negros

5772 palavras 24 páginas
HERANÇA DEIXADA PELOS NEGROS
-quilombos:Por causa de maus tratos e péssima qualidade de vida, fugiam dos engenhos. Os capitães do mato saíam em busca dos desertores. Reféns da escravidão, criavam sociedades clandestinas, as quais, eram chamadas de Quilombos. As pequenas aldeias abrigavam os negros fugitivos e, unidos, formavam uma comunidade econômica, política, social, religiosa e militarmente, de acordo com os costumes de seus países de origem. Assim, se tinha a sociedade livre. Os quilombos se localizavam em áreas de difícil acesso. O Brasil era dividido em 15 capitanias – no século XVI – e havia alguns quilombos espalhados. Onde hoje se situa o município de União dos Palmares, Alagoas, existia um dos mais importantes vilarejos
…exibir mais conteúdo…

Então, observa-se que na sociedade não se tinha as manifestações; porém, os negros tinham sociedades clandestinas, chamadas de quilombos. Lá, nessas comunidades, havia a liberdade para os negros se manifestarem, tudo de acordo com os costumes de suas terras natais. Nos engenhos de açúcar, eles desenvolveram a capoeira: uma forma de expressão dos negros, ainda que fosse uma luta com características de dança, era praticada para ser usada contra os inimigos (senhores de engenho).Outra característica marcante da cultura afro no Brasil é a questão dos diferentes temperos dados à nossa culinária. Eles tiveram a capacidade de mesclar coisas da cozinha indígena com a europeia e transformar em comida brasileira. Ora, os escravos saíram de suas terras para um local diferente, sem trazer nada consigo.O acarajé, o vatapá, o bobó, a feijoada são pratos mais famosos da culinária afro-brasileira. Tem também o azeite de dendê, comum na culinária baiana. Além disso, o coco, a banana, a pimenta malagueta, o café são produtos oriundos das terras africanas. Uma coisa que chama a atenção é a alegria do povo afro-brasileiro. Além da capoeira, que já é comum em várias partes do Brasil, mas enfaticamente no estado da Bahia. Os negros trouxeram estilos diferentes no quesito de moda e estilo. Sempre baseado nas culturas dos ancestrais, aderem penteados interessantes, como os dreadlocks, da cultura rastafári; o cabelo black power; os trançados;

Relacionados

  • A CONTRIBUIÇÃO AFRICANA NO DESENVOLVIMENTO CULTURAL DO BRASIL
    1646 palavras | 7 páginas
  • Resumo da obra formação do brasil contemporâneo
    674 palavras | 3 páginas
  • Elementos que herdamos dos povos indígenas, africanos e portugueses.
    1110 palavras | 5 páginas
  • A festa e a organização social do rei do congo
    2418 palavras | 10 páginas
  • Os valores na construção da cidadania, a importancia da ética, alteridade e o respeito frente a demanda das políticas públicas para a efetivação dos direitos humanos no brasil
    1772 palavras | 8 páginas
  • Museu da lingua portuguesa - linha do tempo
    2733 palavras | 11 páginas
  • Gregor mendel
    1965 palavras | 8 páginas
  • Resumo da obra contos negreiros
    2568 palavras | 11 páginas
  • Pre modernismo em portugal e no brasil
    1877 palavras | 8 páginas