higiene

1711 palavras 7 páginas
PRÁTICAS DE HIGIENE E CONFORTO

Os hábitos relacionados ao banho, como frequência, horário e temperatura da água, variam de pessoa para pessoa. Sua finalidade , no entanto, é a higiene e limpeza da pele, momento em que são removidas células mortas, sujidades e microorganismos aderidos à pele.
Os movimentos e a fricção exercidos durante o banho estimulam as terminações nervosas periféricas e a circulação sanguínea. Após um banho morno, é comum a pessoa sentir-se confortável e relaxada.
O autocuidado deve ser sempre incentivado. Assim, deve-se avaliar se o paciente tem condições de banhar-se sozinho. Caso seja possível, todo o material necessário à higiene oral e banho deve ser colocado na mesa-de-cabeceira ou carrinho móvel ao lado da cama, de forma funcional para o paciente. A enfermagem deve dar apoio, auxiliando e orientando no que for necessário.
Convém ressaltar que a grande maioria dos pacientes considera os banhos uma situação bastante constrangedora, pois a incapacidade de realizar os próprios cuidados desperta sentimentos de impotência e vergonha, sobretudo porque a intimidade é invadida. A compreensão de tal fato pelo profissional de enfermagem demonstrado ao prover os cuidados de higiene, ajuda a minimizar o problema e atitudes como colocar biombos e mantê-lo coberto durante o banho, expondo apenas o segmento do corpo que está sendo lavado, são inegavelmente mais valiosas do que muitas palavras proferidas.
O banho no leito, como qualquer outro

Relacionados

  • higiene ocupacional
    490 palavras | 2 páginas
  • Higiene ocupacional
    1716 palavras | 7 páginas
  • higiene e profilaxia
    1352 palavras | 6 páginas
  • Higiene e segurança no trabalho
    9624 palavras | 39 páginas
  • Higiene e segurança no trabalho
    2071 palavras | 9 páginas
  • Higiene gatil
    1117 palavras | 5 páginas
  • higiene na escola
    2368 palavras | 10 páginas
  • Treinamento de higiene pessoal
    2396 palavras | 10 páginas
  • PROJETO A O A HIGIENE Lany
    1218 palavras | 5 páginas