historia da educacao em Mocambique

573 palavras 3 páginas
HISTORIA DA EDUCAÇÃO EM MOÇAMBIQUE
Moçambique passou por momentos criticos na era colonial em todos aspectos,particularmente na educação dos indigenas.
Na era colonial muitos moçambicanos tiveram dificuldades de ter acesso a educação,visto que,a educação de qualidade estava reservada para os colonos e seus filhos.
O sistema de ensino colonial foi sofrendo reformas, mas adequedas as circunstâncias historico-economicas e a conjutura politica internacional. A formação do indigina e a criação da figura juridico-político ”assimilado” impunham-se como necessidade de força de trabalho qualificada para a maior exploração capitalista.
O sistema de educação colonial organizou-se em dois subsistemas de ensino distintos:
a)Ensino Oficial- destinado aos filhos dos colonos ou assimilados; nas vilas e cidades é onde predominava o ensino oficial.
b)Ensino rudimentar-reservado aquilo que chamavam “indigenas”- os naturais. A maior parte do ensino primário rudimentar se desenvolvia nas zonas rurais(campo), em escolas das missões, controladas pela igreja.
Uma das leis do governo colonial sobre e educação dizia o seguinte:o ensino primário rudimentar destina-se a civilizar os indigenas da colonia, difundindo entre eles a lingua portuguesa e os costumes portugueses. Em 1930, o sistema de ensino indigena passou a organizar-se em :
1-Ensino Primario Rudimentar com tres classes previsto para sete, oito e nove anos de idade no ingresso;
2-Ensino profisssional indigina, por sua vez se

Relacionados

  • A Educação em Moçambique
    1268 palavras | 6 páginas
  • politicas de educacao e sua implementacao em mocambique(1498-2002)
    1692 palavras | 7 páginas
  • Historia de Mocambique 8
    5540 palavras | 23 páginas
  • estados e imperio de mocambique
    2273 palavras | 10 páginas
  • O protonacionalismo
    4112 palavras | 17 páginas
  • trabalho de historia 2015 feito por Luis Alves Emilio
    954 palavras | 4 páginas
  • Impacto sociocultural do islão em moçambique, caso particular em nampula: 2001-2010
    16151 palavras | 65 páginas
  • Fiscalidade em mocambique
    2717 palavras | 11 páginas
  • Género e direitos fundamentais – fundamentos constitucionais e desafios para um exercício efectivo dos direitos sexuais e reprodutivos em moçambique.
    6199 palavras | 25 páginas