manual de Fluoterapia

5485 palavras 22 páginas
PREFEITURA DE CURITIBA
SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE

Manual de Fluorterapia

CURITIBA / 2006
Manual de Fluorterapia

29

Apresentação
A Secretaria Municipal da Saúde, ao desenvolver seu modelo de atenção, definiu que a odontologia faria parte dos cuidados a serem priorizados à população de Curitiba. E ao longo de mais de
20 anos, vem trabalhando para a promoção, prevenção e atendimento à saúde bucal, o que tem se refletido nos indicadores da área.
Métodos preventivos vão desde a educação em saúde até a aplicação de fluorterapias e contribuíram para a melhoria dos indicadores em saúde bucal, observados nos resultados do último levantamento epidemiológico SB Brasil, realizado em 2003. Curitiba apresentou o índice CPOD aos
…exibir mais conteúdo…
Este novo contexto epidemiológico e a necessidade de se utilizar produtos fluoretados apenas quando o seu emprego está efetivamente indicado, justifica a elaboração deste manual. Seu objetivo é orientar a utilização e a associação adequada entre os diferentes produtos fluoretados, considerando a faixa etária e a atividade da cárie e da doença periodontal, conforme os critérios estabelecidos no
Protocolo Integrado de Atenção à Saúde Bucal da Secretaria Municipal da Saúde.
Este manual foi elaborado por um grupo de odontólogos, coordenados pelo
Centro de Epidemiologia - Coordenação de Diagnóstico em Saúde e pelo Centro de
Informação em Saúde - Coordenação de Saúde Bucal, com a preocupação de buscar embasamentos teóricos que sustentassem uma proposta com base na melhor evidência científica disponível.

Manual de Fluorterapia

5

Dentro de uma preocupação teórica e prática sobre a aplicação dos fluoretos, destacamos os seguintes aspectos, que foram tomados como base:
• A importância da administração de fluoretos como parte integrante dos programas de controle da cárie e da doença periodontal, tanto do ponto de vista da reversão de quadros de atividade de doença já estabelecidos (função terapêutica), como para manter o controle da doença (função preventiva);
• A importância do uso racional dos fluoretos, utilizando os diferentes produtos fluoretados de modo a aproveitar ao máximo a sua ação

Relacionados