movimentos populares urbanos

859 palavras 4 páginas
Movimentos Populares Urbanos

Os movimentos populares urbanos lutam para se reapropriar da cidade. De meados dos anos 70 em diante, o Brasil viu surgir inúmeros movimentos de luta por todos os serviços urbanos que faziam falta nos bairros populares. Formaram-se associações de moradores e federações de associações, que pressionaram as autoridades e, em muitos casos, conseguiram obter suas reivindicações, ao menos em parte. As prefeituras que, antes, nem se preocupavam em dar explicações à população, tiveram de prestar cada vez mais atenção à s reivindicações populares. Só no município do Rio de Janeiro, entre 1946 e 1963 – dezessete anos – haviam sido criadas 124 associações de moradores – uma média de 7 por ano; pois bem, em apenas dois anos, entre 1979 e 1981, foram criadas 166 novas associações de moradores – uma média de 83 por ano, dez vezes mais. Os movimentos populares urbanos são entendidos aqui como as ações coletivas organizadas pelas classes populares em prol de melhores condições de vida urbana e de acesso à habitação, ao uso do solo, aos serviços e equipamentos de consumo coletivo, contendo, portanto, como diz Maria da Glória Gohn, “uma problemática urbana que tem a ver com o uso, a distribuição e apropriação do espaço urbano”. De acordo com Pedro Jacobi 3, esta problemática urbana é a manifestação da crise da cidade capitalista, decorrente da ação contraditória do Estado, que gera um processo de politização do cotidiano.
Como Pedro Jacobi, entendemos que as

Relacionados

  • Movimentos populares urbanos
    994 palavras | 4 páginas
  • sociologia popular
    814 palavras | 4 páginas
  • MOVIMENTO POPULAR NA COMUNIDADE DO LAGAMAR
    3377 palavras | 14 páginas
  • Resumo - o populismo na política brasileira - francisco weffort
    1557 palavras | 7 páginas
  • Fichamento : Raquel Rolnik
    1406 palavras | 6 páginas
  • O populismo na politica brasileira
    2160 palavras | 9 páginas
  • Debate teórico dos novos movimentos sociais
    2680 palavras | 11 páginas
  • Resumo - O espaço Urbano (Roberto Lobato Côrrea)
    2072 palavras | 9 páginas