num sei

3632 palavras 15 páginas
FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA

LABORATÓRIO DE
CONVERSÃO ELETROMECÂNICA
DE ENERGIA
Prof. Joel Rocha Pinto

Faculdade de Engenharia de Sorocaba – Laboratório de Conversão Eletromecânica de Energia – Prof. Joel Rocha Pinto

Experiências do laboratório de CONVERSÃO ELETROMECÂNICA DE ENERGIA

1ª Tensão Induzida:
- tensão induzida no secundário em função da tensão aplicada
- influência da posição do núcleo de ferro na tensão induzida no secundário

2ª Eletroímã I
- estudo do comportamento do eletroímã em CC e em CA

3ª Eletroímã II
- aplicação do balanço de energia a sistema não linear

4ª Polaridade e Associação de Bobinas

5ª Levantamento das Características do Transformador:
- curvas características do
…exibir mais conteúdo…

A defasagem de fase será,

portanto,  0.
Supondo que a frequência da fonte primária assim como a resistência R1 sejam conhecidas, torna-se possível determinar a auto-indutância L1 do primário e a indutância mútua M, a partir do ângulo de defasagem e da razão das amplitudes.

II) A teoria de magnetismo nos revela que a auto-indutância de uma bobina é:

L

o r N 2 S

(1.8)

l

Onde:
L = auto-indutância (H)
o = permeabilidade magnética no vácuo (H/m)
r = permeabilidade relativa do material
N = número de espiras do enrolamento
S = área transversal da bobina l = comprimento do enrolamento

Fig. 1.3 Representação de uma bobina ou solenóide.
Faculdade de Engenharia de Sorocaba – Laboratório de Conversão Eletromecânica de Energia – Prof. Joel Rocha Pinto

4

Assim, pode-se considerar a bobina como integrante de duas partes, La e Lb. A auto-indutância total da bobina será a soma das auto-indutâncias parciais e variará conforme a posição do núcleo de ferro. Este é ferromagnético e consequentemente com r > 1. A auto-indutância da bobina aumentará com parte do núcleo de ferro inserida nela.

Procedimento Experimental:
I) Tensão Induzida no secundário do transformador em função da tensão aplicada no primário.
Análise da amplitude e defasagem da saída do secundário do transformador em relação a entrada do primário.
Cálculo da auto-indutância do primário e da indutância mútua da bobina do transformador.

1. Alimentar

Relacionados