o currículo e a reforma educativa em Angola

2784 palavras 12 páginas
INTRODUÇÃO Angola está a atravessar um importante momento de mudança, em especial no sistema educativo. O país revelou uma grande evolução na educação, demonstrado pelas estatísticas referentes ao acréscimo do número de alunos, de salas, de professores e de equipamentos. Neste momento está a realizar uma reforma educativa para substituir o anterior sistema educativo, procurando consolidar a concretização dos princípios da integridade, laicidade, democratização, gratuidade e obrigatoriedade. Esta reforma representa uma estratégia educacional para melhorar a qualidade da educação e ensino e responder aos desafios do desenvolvimento do país. No presente trabalho far-se-á uma abordagem acerca do currículo e a reforma educativa em Angola, …exibir mais conteúdo…
Como podem seleccionar-se as experiências de aprendizagem que podem ser úteis para alcançar estes objectivos?
Como podem organizar-se as experiências de aprendizagem para uma instrução eficaz?
Como se pode avaliar a eficácia das experiências de aprendizagem? Estas questões partem do pressuposto que a primeira definição de um currículo é de natureza filosófica e política e não técnica. A primeira tarefa não é seleccionar ou organizar experiências de aprendizagem, mas definir a finalidade da educação. Antes da definição de um currículo as sociedades devem interrogar-se sobres as intenções e funções sociais das escolas e quais os saberes relevantes em cada cultura que se deseja que os seus cidadãos possuam. A principal função de um currículo é assim, a de materializar estas intenções, tornando-as explícitas, isto é, susceptíveis de serem debatidas e conhecidas pelo conjunto da sociedade, e para poderem servir de orientação aos diversos agentes que intervêm na planificação e concretização do processo de ensino e aprendizagem. A reforma curricular não é mais do que a concretização, dos objectivos definidos numa nova política educativa para todo o país, tendo em vista produzir alterações significativas no sistema educativo.
POSIÇÃO IGNORADA DOS PROFESSORES Segundo o vice-presidente do Sindicato Nacional de Professores, SINPROF, o Professor Manuel de Vitória Pereira, sublinha que o

Relacionados

  • Expansão da aquicultura em angola
    2597 palavras | 11 páginas
  • O desemprego em angola e no mundo ( paizadox)
    1996 palavras | 8 páginas
  • A educação em Angola depois da independência
    2516 palavras | 11 páginas
  • curriculo e gestão escolar
    5128 palavras | 21 páginas
  • A familia e o direito em angola
    3643 palavras | 15 páginas
  • A PRÁTICA EDUCATIVA DO PEDAGOGO EM ESPAÇOS FORMAIS E NÃO FORMAIS
    10511 palavras | 42 páginas
  • Gestão de empresas publicas em angola
    11051 palavras | 45 páginas
  • resgate dos valores eticos e morais em angola
    1763 palavras | 8 páginas
  • A nacionalização das empresas e problematica do desenvolvimento em angola da colonizacao a independencia
    3155 palavras | 13 páginas
  • Angola, globalização e reconstrução
    1705 palavras | 7 páginas