os ramos do direito publico e do direito privado

2236 palavras 9 páginas
ÍNTRODUÇÃO O direito público se refere ao conjunto das normas jurídicas de natureza pública, compreendendo tanto o conjunto de normas jurídicas que regulam a relação entre o particular e o Estado, como o conjunto de normas jurídicas que regulam as atividades, as funções e organizações de poderes do Estado e dos seus servidores. Por se tratar de um conceito classificatório em relação ao conteúdo da norma jurídica, distingue-se das normas jurídicas de natureza privada.

O Direito Privado se refere ao conjunto de todas as normas jurídicas de natureza privada, especificamente toda norma jurídica que disciplina a relação entre os particulares.
Por se tratar de um conceito classificatório em relação ao conteúdo da norma jurídica, distingue-se das normas jurídicas de natureza pública, Direito Público.

DESENVOLVIMENTO RAMOS DO DIREITO PUBLICO O que caracteriza o direito público é o facto de estabelecer normas de organização do estado e demais entidades públicas,disciplinando o seu funcionamento e o seu estatuto.direito público caracteriza-se,também, por estabelecer relações de supra e infra-ordenação em que o estado exerce o seu poder de autoridade(pública potestas)através de procedimentos e formas de acção do direito público ditadas uniteralmente:leis,decretos-leis,regulamentos,portarias,actos administrativos etc… Os principais ramos do direito público são:
Direito constitucional;

Relacionados

  • Ramos do direito
    976 palavras | 4 páginas
  • criterio direito publico e privado
    2211 palavras | 9 páginas
  • Formação do direito privado
    6442 palavras | 26 páginas
  • Atividade Avaliativa II Direito Publico e Privado
    834 palavras | 4 páginas
  • Direito Publico e Privado
    472 palavras | 2 páginas
  • Direito publico e privado
    985 palavras | 4 páginas
  • Direito público e privado e seus ramos
    1330 palavras | 6 páginas
  • Direito publico e direito privado
    1217 palavras | 5 páginas
  • Ramos do direito
    2724 palavras | 11 páginas
  • MIGRAÇÃO: A QUESTÃO DOS REFUGIADOS E A PROTEÇÃO DO DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO
    6219 palavras | 25 páginas