pena e morte na sociologia

950 palavras 4 páginas
A pena de morte ou pena capital é normalmente uma sentença aplicada pelo poder judiciário que consiste na execução por "de - capital" (Morte rapidamente) de um indivíduo condenado. Historicamente, a pena é utilizada em casos de assassinato, espionagem, estupro, adultério, homossexualidade, corrupção política (Apostasia), e/ou de - não seguir a religião oficial em países teocráticos. Encontra-se abolida em quase todos os países da Europa e da Oceania. Na América do Norte, foi abolida no Canadá e no México e em algumas zonas dos Estados Unidos. Na América do Sul, como o Brasil, o Chile e o Peru ainda mantém a pena de morte legal em casos excepcionais, em Cortes Militares, notadamente durante Guerra seja ela declarada ou subversiva, para casos de traição ao Estado.
Os Estados Unidos, a Guatemala e a maior parte do Caribe, da Ásia e da África ainda têm a pena de morte legalizada e a utilizam em diversos casos. Outros países, porém, como a Rússia tem a pena de morte legal, mas na prática, ela não é utilizada. A Organização das Nações Unidas, durante sua Assembleia Geral em 2007, também repugnou a legalidade e uso da pena de morte, advertindo os países a tornarem ilegal seu uso e que esse não seja reintroduzido. A União Europeia concordou com a decisão e atualmente todos os países do bloco tem a pena de morte ilegal
A pena de morte é um ato da Justiça, sujeito às regras do Direito e da Lei.
A pena de morte distingue-se da eliminação de indivíduos julgados indesejáveis

Relacionados

  • Pena de morte no Brasil
    1012 palavras | 5 páginas
  • DEBATE - PENA DE MORTE
    1377 palavras | 6 páginas
  • Pena de morte
    1988 palavras | 8 páginas
  • Pena de morte no brasil
    2536 palavras | 11 páginas
  • das penas e sursis na justiça militar
    6632 palavras | 27 páginas
  • A PENA DE MORTE
    4364 palavras | 18 páginas
  • argumentos: pena de morte
    4296 palavras | 18 páginas
  • A eficiência da pena de morte na redução da criminalidade estadunidense nos estados adeptos a ela.
    4205 palavras | 17 páginas
  • Pena de morte e eutanasia
    1763 palavras | 7 páginas