poema de camoes

962 palavras 4 páginas
Os bons vi sempre passar no mundo graves tormentos; e, para mais m´espantar, os maus vi sempre nadar em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim o bem tão mal ordenado, fui mau, mas fui castigado:
Assi que, só para mim anda o mundo concertado.

1 estrofe – 10 versos. 7 rimas métricas.

O poeta trabalha dois temas diferentes no poema:
A maldade e a bondade
A sorte e o infortúnio

Estes dois temas não estão alterados, quem está o mundo. Já na época de Camões se falava numa sociedade com valores em decadência.
Os valores estão tão corrompidos que o eu poético afirma que as pessoas boas não conseguem ser felizes: as pessoas boas sofrem os infortúnios do mundo e as pessoas más vivem a sorrir, sempre com muita sorte.
Se o mundo andasse como o poeta desejasse, os bons seriam bem-sucedidos e os maus teriam azar. Mas as coisas nem sempre acontecem tal qual como se desejam.
O poeta é um ser bom, humano e puro, mas como os bons vivem em constantes tristezas, ele inverte o papel tentando tornar-se numa pessoa maldosa. No entanto, não consegue obter a tal felicidade sonhada, uma vez que ele, por mais que tente, jamais deixará de ser bom, ingénuo e puro. Se o sujeito tenta praticar alguma maldade, ele pratica-a de uma forma falsa e atrapalhada o que não lhe traz felicidade nenhuma. Os bons vi sempre passar no mundo graves tormentos; e, para mais m´espantar, os maus vi sempre nadar em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim o bem tão mal

Relacionados

  • poemas de gonçalves dias
    2148 palavras | 9 páginas
  • ANÁLISE DA OBRA “OS LUSÍADAS" - DE LUÍS VAZ DE CAMÕES - ANÁLISE DO CANTO V
    5720 palavras | 23 páginas
  • A Mensagem Análise do Poema "D. Sebastião Rei de Portugal"
    952 palavras | 4 páginas
  • Análise de poemas simbolistas portugueses
    2019 palavras | 9 páginas
  • Poemas de cesario verde
    15793 palavras | 64 páginas
  • Resumos de poemas de mensagem
    6012 palavras | 25 páginas
  • Análise de Poemas Camonianos
    4837 palavras | 20 páginas
  • Poemas de autores modernistas
    1409 palavras | 6 páginas
  • Camões-rimas
    1086 palavras | 5 páginas
  • plano de aula poema
    1231 palavras | 5 páginas