proteção catódica

2971 palavras 12 páginas
LABORATÓRIO 6 - PROTEÇÃO CONTRA A CORROSÃO

Na verdade um processo de corrosão e seu controle não podem ser tratados isoladamente, o estudo de um implica no estudo do outro, pois o próprio mecanismo da corrosão pode fornecer a forma através da qual podemos combatê-la com maior eficiência. Em todos os métodos usados para o controle de corrosão deve-se levar em conta o fator econômico que é primordial. Em grande número de casos, o prejuízo causado pela corrosão não se concentra no custo da peça a ser trocada e sim na parada total de uma unidade em operação para que se possa processar a substituição. Os tipos de proteção que serão analisados dividem-se em três grupos a saber :

A - Proteção catódica B - Proteção
…exibir mais conteúdo…
Por exemplo a densidade de corrente para proteção catódica do aço em água do mar em movimento é inicialmente da ordem de 0,0015 A/dm2 e cai ao final a uns 0,0003 A/dm2. Sendo a resistividade do solo em torno do ânodo limitada á região imediata ao eletrodo, é prática usual reduzir a resistência local procedendo-se ao chamado enchimento. Nos sistemas de corrente impressa o método consiste em rodear o ânodo com espessa camada de coque e adicionar uma mistura que pode ser de 3 a 4 partes de gesso (2 CaSO4.H2O ) e 1 parte de NaCl O coque sendo bom condutor toma parte na corrente, reduzindo de certo modo o consumo do ânodo.

Ânodos de Sacrifício

São assim chamados pois vão se corroendo durante o funcionamento do sistema. Forma-se uma célula galvânica em que o ânodo auxiliar é um metal mais ativo que o da estrutura a proteger (cátodo). Como ânodos de sacrifício empregam-se geralmente magnésio e suas ligas e com menor freqüência o zinco. Na prática se obtém cerca de 1000 A.h / kg de Mg consumido, quando teóricamente dever-se-ía obter o dobro (2000 A.h / kg de Mg). As reações são análogas as apresentadas na proteção por corrente impressa. A distribuição da corrente na estrutura a proteger não é geralmente uniforme, em algumas partes pode ser excessiva e em outras insuficiente. Melhor homogeneidade é obtida empregando-se um revestimento isolante, comumente orgânico ou vítreo, conforme se

Relacionados

  • Proteção catódica e anódica
    334 palavras | 2 páginas
  • Relatorio Quimica Pratica - Proteção catódica
    1073 palavras | 5 páginas
  • Proteção catodica
    1444 palavras | 6 páginas
  • Métodos contra corrosão
    839 palavras | 4 páginas
  • DADOS PARA DIMENSIONAMENTO DE SISTEMAS DE PROTEÇÃO CATÓDICA POR CORRENTE IMPRESSA
    2109 palavras | 9 páginas
  • Corrosão - Questionário respondido
    712 palavras | 3 páginas
  • Corrosão galvânica e proteção catódica
    1576 palavras | 7 páginas
  • Corrosão galvânica
    1406 palavras | 6 páginas
  • Mestrado
    2708 palavras | 11 páginas