resumo Critica da razão indolente

8936 palavras 36 páginas
Resumo Livro Crítica da Razão indolente: contra o desperdício da experiência
Pag. 45 até 94

INTRODUÇÃO
Boaventura de Sousa Santos é Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Distinguished Legal Scholar da Faculdade de Direito da Universidade de Wisconsin-Madison e Global Legal Scholar da Universidade de Warwick. É igualmente Director do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra; Coordenador Científico do Observatório Permanente da Justiça Portuguesa.
Dirige atualmente o projeto de investigação ALICE - Espelhos estranhos, lições imprevistas: definindo para a Europa um novo modo de partilhar as experiências o mundo, um projeto financiado pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC),
…exibir mais conteúdo…

A contingência global e a convencionalidade minaram a regulação sem promover a emancipação: enquanto a regulação se torna impossível, a emancipação torna-se impensável.
A expansão da capacidade de ação não se faz acompanhar da expansão da capacidadede previsão, portanto a previsão das consequências da ação científica é necessariamente muito menos científica que a ação científica em si mesma.
Hoje corre-se o risco da destruição maciça através da guerra ou do desastre ecológico; a opacidade é atualmente a opacidade dos nexos de causalidade entre as ações e as suas consequências; a violência continua a ser a velha, violência da guerra, da fome e da injustiça, agora associada à nova violência da hubris industrial relativamente aos sistemas ecológicos e à violência simbólica que as redes mundiais da comunicação de massa exercem sobre as suas audiências cativas.
Nos períodos de transição difíceis de entender e de percorrer, é necessário voltar as coisas simples, à capacidade de formular perguntas simples como Einstein costumava dizer, só uma criança pode fazer, mas que depois de feitas, são capazes de trazer uma luz nova à perplexidade. A criança preferida deBoaventura de Sousa Santos é Jean-Jacques Rousseau que dizia entre outros pensamentos o seguinte: Contribuirá a ciência para diminuir o fosso crescente na nossa sociedade entre o que se é e o que se aparenta ser, o

Relacionados

  • As contribuições das teorias de emile durkheim, max weber e karl marx para a ciência do direito
    7765 palavras | 31 páginas
  • Tailorismo e consumo alienado
    3286 palavras | 14 páginas
  • A importância da didática no ensino superior: o profissionalismo no ato de ensinar e de aprender
    1827 palavras | 8 páginas
  • Cidade Contemporânea para Três Milhões de Habitantes
    5720 palavras | 23 páginas
  • Movimentos culturais no mundo ocidental e seus impactos na vida política e social.
    11456 palavras | 46 páginas
  • Teoria geral da administração
    10802 palavras | 44 páginas
  • Um Discurso Sobre As Ciencias
    16326 palavras | 66 páginas
  • Fichamento: Ordem Média e Norma Familiar de Jurandir Freire Costa
    12263 palavras | 50 páginas
  • TGA - Pilares da Administação
    18357 palavras | 74 páginas
  • O futuro da administração - resumo
    8914 palavras | 36 páginas