trabalho pinga com kiwi

7458 palavras 30 páginas
1. Introdução

Neste trabalho iremos estudar as etapas de produção da cachaça ou pinga desde à matéria-prima utilizada até a sua transformação de caldo de cana à pinga.
Iremos destacar alguns pontos importantes para que essa produção possa acontecer como extração, mosto e preparação do mosto, fermentação, destilação composição, envelhecimento e o controle de qualidade, custo de produção e fabricação e lucro obtido por litro.

2. Definição
A aguardente de cana-de-açúcar no Brasil é denominada pinga ou cachaça e contem um alto teor alcolico, aguardentes são bebidas fortemente alcoólicas, obtidas pela fermentação e posterior destilação de mostos açucarados, oriundos do caldo, e de macerados vegetais ou não. Assim, a definição de aguardente é genérica, e, como tal, pode-se encontrar aguardentes de frutas como laranja, uva, banana, medronho; aguardente de cereais como cevada, milho, arroz; aguardente de raízes e tubérculos como de beterraba, mandioca, batata; aguardente de colmos como cana-de-açúcar e bambu.
Qualidade da cachaça, definiu a aguardente de cana como sendo a bebida com graduação alcoólica entre 38% e 54% em volume, obtida pelo destilado alcoólico simples de fermentado do caldo de cana-de-açúcar, podendo ser adicionada de açúcares em até 6 g/L, expressos em sacarose , enquanto cachaça, como sendo a denominação típica e exclusiva com graduação alcoólica entre 38% e 48% em volume, obtida pela destilação do melaço fermentado de cana-de-açúcar

Relacionados