urbanismo antropologo

1609 palavras 7 páginas
O urbanismo antropólogo procura resolver o problema da criação e do planejamento das cidades por meio das informações fornecidas pela antropologia descritiva. O primeiro a seguir essa via foi o biólogo escocês Geddes. Para ele, a criação urbana coloca-se na continuidade histórica de uma dada civilização. A cidade deve ser feita por homens reais, os quais conheçam as necessidades e as aspirações. Geddes rejeita o modelo urbano e afirma que o verdadeiro plano é a “resultante e a flor de toda a civilização de uma comunidade e de uma época”. Discípulo de Geddes, L. Mumford reintroduz nas sociedades urbanas o ambiente comunitário e o calor humano da cidade medieval através de um sistema de polinucleísmo urbano na perspectiva de uma cidade …exibir mais conteúdo…
Após o surgimento destes, criam-se ainda outros planos de proteção que dirigem os destinos futuros do bairro, indicando com precisão o que deve ser restaurado e o que deve ser demolido. A recuperação dos bairros antigos começa a ser considerada um verdadeiro objetivo urbanístico e não mais uma concessão limitada.
A cidade do passado quer no momento se beneficiar de uma proteção, preservando o essencial daquilo que representa seu valor urbanístico e a coerência do tecido urbano. Paralelamente é adotada uma política sobre ruas de pedestres nos centros dos bairros antigos, abandonando a política de alargamento sistemático das ruas antigas, consideradas inúteis e nocivas.
Com o gigantismo urbano surgem os aspectos negativos de cada metrópole: caráter inviável de grande cidade, problemas de circulação e de abastecimento, esgotamento dos habitantes, poluição.
No período entre as duas guerras mundiais, Londres e Paris conhecem uma explosão espacial sem precedentes. Londres triplica seu espaço urbano. Nas vésperas da Segunda Guerra Mundial, as autoridades britânicas tomam consciência dos problemas que a concentração num espaço limitado de uma grande parte da população e da infra-estrutura industrial do país viria a ocasionar.
É adotada então uma política de descentralização industrial que se apóia

Relacionados

  • Cidades
    2384 palavras | 10 páginas
  • Antropologia cultural
    4075 palavras | 17 páginas
  • Clc - ng6 - urbanismo e mobilidade
    2717 palavras | 11 páginas
  • Resenha: Beleza
    977 palavras | 4 páginas
  • Resenha
    928 palavras | 4 páginas
  • Resenha sobre pensamento mítico e pensamento lógico
    1258 palavras | 6 páginas
  • Oscar Niemeyer
    5595 palavras | 23 páginas
  • Lelé arquiteto argamassa armada
    2859 palavras | 12 páginas