vida de cristo e espiritualidade

2241 palavras 9 páginas
A HUMANIDADE E DIVINDADE DE CRISTO

Joaquim Pereira Filho
Profªs Regina Câmara Sampaio e Adriana Câmara Sobreiro
Instituto Teológico Quadrangular
Curso de Teologia a Distância- Vida de Cristo e Espiritualidade
28/04/2014

RESUMO Jesus Cristo é o homem de Deus que veio ao mundo , ele é o Messias prometido e que nasceria de mulher ou seja que seria de natureza humana .Apesar de ter a natureza humana ele não nascera de forma natural mas sim sobrenatural pois nasceu de uma virgem assim como isaias profetizara . Ele era Deus não precisava mas assim o Fez se fez homem com o objetivo de propiciar a salvação a humanidade e aniquilar aquele que detinha o império da morte .Desde a concepção de nosso Jesus Cristo, manifestou-se o
…exibir mais conteúdo…
(Lc 2:52): cresceu como toda criança normal cresceria, alimentada por comida e água. Seu corpo não era sobre-humano, e não tinha características especiais, diferentes de qualquer ser humano normal. Sentia fome (Mt 4:2; Mc 11:12). Sentia sede (Jo 19:28), Ficava cansado (Jo 4:6). Sofria a dor (Jo 18:22; 19: 2,3) (I Jo 1:1; Mt 9: 20-22; 26:12; Jo 20: 25,27): Jesus de fato foi visto e tocado pelos homens a sua volta. Não era um espírito com a forma humana, nem um fantasma, mas um homem real, a ponto de Tomé só acreditar em sua ressurreição após tocá-lo. Mesmo o testemunho do Espírito de Deus afirma que Jesus tomou plenamente a forma humana (I Jo 4: 2,3a).
(Lc 23: 46; Jo 19: 33,34): Jesus Podia morrer, como de fato morreu. Sua morte não foi aparente, mas verdadeira. Seu corpo sucumbiu aos sofrimentos infligidos e de fato expirou à semelhança de todos os homens. Esta é talvez a suprema identificação de Jesus com a humanidade, pois sendo Deus não deveria morrer, mas ao assumir plenamente a humanidade, torna-se sujeito a possibilidade da morte. Eis uma verdade tremenda e profunda.
(Mt 9:36; 14:14; 15:32; 20:34): ainda que sentir emoções não seja uma prova da humanidade de Jesus, uma vez que Deus também se emociona, elas demonstram a plena humanidade de Cristo, como também deixam claro algumas reações tipicamente humanas. tristeza e angústia (Mt 26:37) Sentia alegria (Jo 15:11; 17:13; Hb12:2)

Relacionados

  • ITQ - Vida de CRISTO e Espiritualidade
    3408 palavras | 14 páginas
  • Vida e obra de erikson
    1410 palavras | 6 páginas
  • A natureza divina e humana de jesus cristo
    1571 palavras | 7 páginas
  • O MITO DE NARCISO E ECO E ESPIRITUALIDADE
    11873 palavras | 48 páginas
  • A vida e obra de aleijadinho
    3515 palavras | 15 páginas
  • Resumo - autotranscendência e espiritualidade
    1545 palavras | 7 páginas
  • VIDA DE CRISTO E ESPIRITUALIDADE Cap 3
    266 palavras | 2 páginas
  • Vida De Cristo E Espiritualidade AutoAtividade
    1698 palavras | 7 páginas