Contribuições de paulo freire para o eja

924 palavras 4 páginas
CONTRIBUIÇÕES DE PAULO FREIRE PARA O EJA

Segundo relatos de Paulo Freire sobre a EJA, o mesmo relata que voltou às origens de sua vida, tentando conhecê-lo melhor, trazendo da sua infância um momento onde: amor, afeto, diálogo, troca, responsabilidade, estão aliados à alfabetização e à leitura, ali no quintal onde brincava, com gravetos na terra, à sombra da mangueira, aprendeu a ler com sua mãe.
A intersubjetividade, o carinho, o diálogo, que nasciam ao lado da mãe; a leitura a partir do seu espaço, são marcas afetivas que podem o ter levado a perceber o momento de cumplicidade da alfabetização. Algo tão íntimo pode o ter levado a alcançar algo universal – a leitura. Da sua primeira escola também, ficaram boas recordações. Estas
…exibir mais conteúdo…
Essa libertação não se dá somente no campo cognitivo mas acontece essencialmente nos campos social e político.
O que existe de mais atual e inovador no Método Paulo Freire é a indissociação da construção dos processos de aprendizagem da leitura e da escrita do processo de politização. O Alfabetizando é desafiado a refletir sobre seu papel na sociedade enquanto aprende a escrever a palavra sociedade; é desafiado a repensar a sua história.
Essa reflexão tem por objetivo promover a superação da consciência ingênua – também conhecida como consciência mágica – para consciência crítica. A proposta de utilização dessa metodologia na alfabetização de jovens e adultos é completamente inovadora e diferente das técnicas utilizadas, resultada de adaptações simplistas das cartilhas, com forte tônica infantilizante. É diferente por possibilitar uma aprendizagem libertadora, não mecânica, mas uma aprendizagem que requer uma tomada de posição frente aos problemas que vivemos. Uma aprendizagem integradora, abrangente, não compartimentalizada, não fragmentada, com forte teor ideológico. Dessa forma, o Método proposto por Freire rompe com a concepção utilitária do ato educativo propondo uma outra forma de alfabetizar. Porém, vale ressaltar que é importante a necessidade de recriação constante em toda e qualquer prática educativa, inclusive no método em questão,pois quem vem à sala de aula da Educação de Jovens e Adultos

Relacionados

  • Diário etnografico
    1537 palavras | 7 páginas
  • OS DESAFIOS DA PERMANÊNCIA EM SALA DE AULA E APRENDIZAGEM DOS ALUNOS DA EJA
    1915 palavras | 8 páginas
  • Evasão Escolar: Causas e Consequências
    4612 palavras | 19 páginas
  • A educação de jovens e adultos - plano de aula
    4086 palavras | 17 páginas
  • Eja educação de jovens e adultos um breve historico
    12853 palavras | 52 páginas
  • OBSERVAÇÃO DA EJA NOS MOVIMENTOS SOCIAIS
    7649 palavras | 31 páginas
  • Educação infantil
    3383 palavras | 14 páginas
  • Mobral: as políticas públicas e as prática educacionais
    1760 palavras | 8 páginas
  • Histórico Social do Analfabetismo no Brasil
    2291 palavras | 10 páginas
  • Plano de trabalho docente de ensino da disciplina de matemática – ensino fundamental.
    3846 palavras | 16 páginas