Fichamento ideologia alemã marx

2046 palavras 9 páginas
Este livro foi escrito em coautoria em 1845, mas apenas veio a público em 1933, muito depois da morte de Marx. Na introdução afirma-se que de 1842 a 1845 a Alemanha sofreu uma revolução no campo do pensamento, em que os heróis do pensamento foram derrubados um a um e os valores substituídos. Depois eles afirmam que pretendem dar o justo valor a essa charlatanice filosófica, que chega a despertar no coração do honesto burguês alemão um agradável sentimento nacional, para se ter uma ideia concreta da mesquinhez, do espírito provinciano e limitado de todo esse movimento jovem-hegeliano, e especialmente do contraste tragicômico entre as façanhas reais desses heróis e suas ilusões a respeito delas. A IDEOLOGIA EM GERAL E EM PARTICULAR A …exibir mais conteúdo…
No apogeu do feudalismo a divisão de trabalho pouco se desenvolveu. A sociedade era dividida em estamentos. A reunião de certas áreas de terras era uma necessidade tanto para a nobreza fundiária como para as cidades. Ao contrário da filosofia alemã, que desce do céu para terra, os autores propõem subir da terra para o céu. A análise parte do processo vital, dos homens em sua atividade real. A moral, a religião e a metafísica, bem como o restante da ideologia, resultam da vida material e perdem sua aparência de autonomia. É a vida que determina a consciência. Com o conhecimento da realidade, a filosofia deixa de existir de maneira autônoma, ela perde o valor desvinculada da história real.
1. HISTÓRIA

Todos os homens devem ter condições de viver para poder fazer a história. Os autores dizem que os alemães jamais examinaram a história levando em conta este fato fundamental. O segundo ponto a examinar é que uma vez satisfeita a primeira necessidade, a ação de satisfazê-la leva a novas necessidades. A terceira relação que intervém no desenvolvimento histórico é que os homens, que renovam a cada dia sua própria vida, passam a criar outros homens, a se reproduzir. A família, que é a primeira relação social, torna-se em seguida uma relação subalterna com o surgimento do Estado e o aumento da população. Manifesta-se, portanto, de início, uma dependência material dos homens entre si, condicionada pelas necessidades e pelo modo de produção, e que é tão antiga quanto os

Relacionados

  • Ficha de citações . livro:o que é ideologia - marilena chaui
    2380 palavras | 10 páginas
  • Metodologia de pesquisa
    2780 palavras | 12 páginas
  • Fichamento do livro ideologias geográficas.
    2088 palavras | 9 páginas
  • Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação
    4682 palavras | 19 páginas
  • Fichamento moacir gadotti
    4483 palavras | 18 páginas
  • Resumo era dos extremos
    6167 palavras | 25 páginas
  • urbanismo moderno
    9186 palavras | 37 páginas