Neuropsicologia das alterações cognitivas em pacientes com doença de parkinson: características clínicas e tratamento

4041 palavras 17 páginas
Neuropsicologia das alterações cognitivas em pacientes com doença de Parkinson: características clínicas e tratamento [1]
Neuropsychology of cognitive dysfunctions in Parkinson’s disease patients: clinical features and treatment

Márcia Delmare de Oliveira[2], Ana Rosa Sancovski[3], Daniel Fuentes[4]

RESUMO

Esta revisão mostra a prevalência de alterações cognitivas na Doença de Parkinson e enfatiza a importância da avaliação neuropsicológica como estratégia de investigação para a reabilitação cognitiva e motora, bem como para a detecção e tratamento dos transtornos comportamentais associados. Foi realizado levantamento de artigos no Pubmed, Lilacs e Scielo publicados nos últimos 10 anos.

Palavras-chave: Prevalência. Disfunção
…exibir mais conteúdo…
No terceiro estágio, a degeneração da parte compacta da substância negra do mesencéfalo determina o aparecimento de sintomas motores clássicos, de anormalidades no ciclo sono-vigília e de distúrbios cognitivos leves como diminuição da capacidade de abstração, prejuízos na memória operacional, na amplitude atencional e na velocidade de processamento cognitivo. No quarto estágio, as lesões atingem principalmente o mesocórtex temporal e a amígdala, gerando as disfunções mnemônicas, executivas e alterações neuropsiquiátricas. No estágio cinco, há o acometimento do neocórtex, com destaque para as áreas prefrontais e de associação sensitivas, acentuando a disfunção cognitiva. No último estágio, ocorre o comprometimento difuso das áreas corticais primárias e, por consequência, o agravamento das dificuldades motoras, com a possibilidade de instalação de um quadro dito demencial (TEIVE et al., 2006). Os mecanismos neurobiológicos implicados na demência da DP não estão completamente esclarecidos, mas há dados sugestivos do envolvimento de alças dopaminérgicas que partem do mesencéfalo para outros núcleos subcorticais (circuito fronto-estriatal não motor), de alteração das projeções colinérgicas para o córtex cerebral, e elementos neuropatológicos semelhantes aos constatados nas doenças do tipo Alzheimer e Corpos de Lewy, com perda celular e sináptica nas estruturas

Relacionados

  • A INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM PACIENTES PÓS TRAUMA CRÂNIO ENCEFÁLICO (TCE) NA UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO (UTI)
    4643 palavras | 19 páginas
  • Uso do protocolo de analgesia (oms) e da escala de dor no manejo do paciente com dor oncológica.
    1243 palavras | 5 páginas
  • “Efeito da l-glutamina oral na profilaxia e tratamento da mucosite em pacientes submetidos à quimioterapia”
    3154 palavras | 13 páginas
  • Neuropsicologia cognitiva
    1953 palavras | 8 páginas
  • QUALIDADE DE VIDA EM PACIENTES COM ÚLCERA VENOSA
    4976 palavras | 20 páginas
  • Caracteristicas e tratamento da gasolina
    1499 palavras | 7 páginas
  • Estudo de caso: paciente portador da síndrome de parkinson
    9268 palavras | 38 páginas
  • Benefícios da hidroterapia no tratamento conservador e pós-operatório de pacientes portadores de hérnia discal lombar
    1819 palavras | 8 páginas
  • Caracteristicas fisicas, motoras e cognitivas da síndrome de down
    2708 palavras | 11 páginas
  • Farmacocinética da rifampicina em pacientes com tuberculose e aids
    8336 palavras | 34 páginas