O lúdico na psicopedagogia

8273 palavras 34 páginas
CENTRO UNIVERSITÁRIO BARÃO DE MAUÁ
MARISOL MARTINS PEREIRA

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA O TRABALHO DO PSICOPEDAGOGO.

CACHOEIRINHA – RS 2011
MARISOL MARTINS PEREIRA

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA O TRABALHO DO PSICOPEDAGOGO.

Monografia de Conclusão de Curso de Pós-graduação lato sensu em Psicopedagogia Institucional, apresentada ao Centro Universitário Barão de Mauá.
Orientador: Prof. Carlo Guimarães Monti

CACHOEIRINHA – RS
2011

Bibliotecária Responsável: Vanda Lilian Lauande CRB8 3365

Dedico este trabalho a minha família, principalmente a minha mãe e ao
…exibir mais conteúdo…
Muitos pesquisadores investigam o ato de brincar de uma criança, e o consideram como uma ação lúdica, em que a criação pode compreender o pensamento e a linguagem do outro. Assim, o ato de brincar, nesta percepção, implica uma relação cognitiva e representa a potencialidade para interferir no desenvolvimento infantil, além da construção do conhecimento.
Segundo Vygotsky (1987), a aprendizagem e o desenvolvimento estão estritamente relacionados, sendo que as crianças se inter-relacionam com o meio objeto e social, internalizando o conhecimento advindo de um processo de construção. O brincar permite, ainda, aprender a lidar com as emoções. Pelo brincar, a criança equilibra as tensões provenientes de seu mundo cultural, construindo sua individualidade, sua marca pessoal e sua personalidade.
Piaget apud Rosa e Di Nisio (1999) esclarece que o brincar, implica uma dimensão evolutiva com as crianças de diferentes idades, apresentando características específicas, apresentando formas diferenciadas de brincar. Diante do contexto apresentado e sendo a Psicopedagogia um campo que se compromete primordialmente com o sistema

Relacionados

  • O lúdico como instrumento psicopedagógico para crianças com dificuldades de aprendizagem e a contribuição das atividades lúdicas para a atuação do psicopedagogo,
    4636 palavras | 19 páginas
  • O lúdico na educação infantil: jogar, brincar, uma forma de educar
    2206 palavras | 9 páginas
  • Psicopedagogia institucional/ clinica
    2404 palavras | 10 páginas
  • Resenha obra psicopeagogia clínica: uma visão diagnóstica. maria lucia l. weiss
    1288 palavras | 6 páginas
  • O brincar na educação infantil: jogos, brinquedos e brincadeiras - um olhar psicopedagogico
    9260 palavras | 38 páginas
  • A contribuição do jogo de regras para o espaço lúdico e diagnóstico em dificuldades de aprendizagem
    2064 palavras | 9 páginas
  • Família Terapeutica
    1155 palavras | 5 páginas
  • A INTERVENÇÃO DO PSICOPEDAGOGO NO PROCESSO DE REFORÇO ESCOLAR
    4482 palavras | 18 páginas
  • Relatório de estagio
    7393 palavras | 30 páginas
  • O papel do psicopedagogo frente às dificuldades da leitura e escrita
    2740 palavras | 11 páginas