Resumo do lingua de eulalia

1110 palavras 5 páginas
Resumo do Livro “A língua de Eulália’ pág. 80 á 93

Língua voa, mão se arrasta”. A língua falada é muito mais rápida, viva e elétrica, está se mexendo o tempo todo, enquanto a escrita ainda está se acostumando com as mudanças, a falada tem vida porque é um diálogo contínuo entre os sujeitos sociais. Isso quer dizer que ela é tão viva como eu ou você e está sujeita aos processos normais pelos quais passam todos os seres vivos, palavras que se modificam.

No capitulo o autor ironiza dizendo que:
“Parece a historia da lebre e a tartaruga,” nesta expressão o que podemos entender é que a língua na oralidade sempre está à frente da língua escrita.

Redução do ditongo OU em O.

Até hoje escrevemos as palavras pouco, roupa, louro, O que acontece existem encontros vocálicos de duas vogais. Mas, no entanto na língua escrita que se escreve OU, e na língua falada é pronunciado O. Basta ligarmos a televisão ou até mesmo pararmos para escutar os que as pessoas falam no seu dia-dia, o que escutamos normalmente é poco, ropa, loro, etc...No entanto esse fenômeno ocorre tanto no PP quanto no PNP, mas apesar dessa tendência da língua, o que temos que escrever é OU em vez de O.
Essa evolução ocorreu quando a historia da língua portuguesa estava sendo formada, as palavras pronunciadas no latim como (paucu, lauru), que tinham o ditongo AU estavam passando por processo de transformação para se formar a língua portuguesa que lentamente começaram a ser pronunciadas pouco, roupa, louro,

Relacionados

  • Resumo a língua de eulália
    1277 palavras | 6 páginas
  • Beijo rima com desejo
    5000 palavras | 20 páginas
  • Resumo a língua de eulália
    9883 palavras | 40 páginas
  • A importância do lúdico no processo de aprendizagem da criança com deficiência auditiva, na educação infantil
    1463 palavras | 6 páginas
  • Variação Linguística Focada em Personagens de Quadrinhos
    3261 palavras | 13 páginas
  • preconceito linguistico regional
    5284 palavras | 22 páginas
  • A alfabetização/letramento de crianças surdas: a importância do professor bilíngue
    6777 palavras | 28 páginas
  • LINGUA BRASILEIRA DE SINAIS
    19631 palavras | 79 páginas
  • Realismo brasileiro e modernismo - literatura
    7202 palavras | 29 páginas
  • VARIAÇÃO LINGUÍSTICA: uma proposta de reflexão para o educador de língua materna da EJA
    14268 palavras | 58 páginas