os multiplos segmentos da psicologia

2663 palavras 11 páginas
UFF – Universidade Federal Fluminense
PURO – Polo Universitário de Rio das Ostras
Disciplina: TSP I

“A HISTÓRIA DA PSICOLOGIA: RUMOS
E PERCURSOS”
Cap. I: OS MÚLTIPLOS SURGIMENTOS DA
PSICOLOGIA
Resenha Crítica

O autor responsável pelo primeiro capítulo do livro “A história da psicologia, rumos e percursos”: “Os múltiplos surgimentos da psicologia”
(Arthur A. L. Ferreira), ressalta no início de seu texto a importância da história da psicologia para justificar o surgimento da mesma, a multiplicidade desse surgimento e, mesmo, a multiplicidade desta.
Ferreira acredita que a história da psicologia como se detém atualmente é apenas a ponta de um iceberg, e segue uma linha de pensamento foucaultiana, em que se faz necessário o
…exibir mais conteúdo…
Como a questão marcada no texto de Arthur, “O surgimento das ciências humanas”, que ele explica em duas subpartes: a separação entre o domínio humano e natural e a separação entre os saberes filosóficos e científicos.
A formação de Subjetividade:
Quanto à questão da formação de subjetividade, marcada no texto de
Ferreira, este assinala uma comparação entre determinados momentos da história para explicar a constituição desta (a subjetividade) e demarca o momento e o contexto necessário para que isso se faça possível.
É marcado que, na Grécia Antiga, não havia a ideia de um “eu” individualizado, ou, mesmo, a própria subjetividade. Justifica-se essa afirmativa através da consideração das características que tornam possível o surgimento desse sujeito. Ou seja, considera-se necessária a constituição destas e as condições, que poderiam empregar esse aspecto a aqueles que viviam nesse período (a Grécia antiga). E, como é dito no texto, apesar de haver um contato, um cuidado consigo, este não se caracterizava na busca de uma subjetividade, de uma reflexão sobre um eu, mas na constituição de um eu calcada na busca da verdade do ensinamento dos grandes mestres.
E, a construção do perfil, da ideia, de um sujeito só surgirá no século II
d. C. Acompanhando a análise feita por Foucault, nesse momento introduz-se a ideia de um homem puro e

Relacionados

  • Os Ramos da Psicologia
    897 palavras | 4 páginas
  • LINHA DO TEMPO- Os principais acontecimentos que contribuíram para o desenvolvimento da Psicologia enquanto Ciência.
    1636 palavras | 7 páginas
  • Avanços da psicologia social na américa latina
    5678 palavras | 23 páginas
  • Psicologia da educação
    16286 palavras | 66 páginas
  • Resumo do texto "os pioneiros e o pai da psicologia"
    941 palavras | 4 páginas
  • Correntes da psicologia
    1844 palavras | 8 páginas
  • Jung e os conceitos básicos da psicologia analítica
    4680 palavras | 19 páginas
  • História da psicologia no Brasil
    1222 palavras | 5 páginas
  • Trabalho os Pensadores da Psicologia da Educação
    2311 palavras | 10 páginas
  • Os principais fatos que marcaram a história da psicologia até o século XXI
    3074 palavras | 13 páginas