A CONSTRUÇÃO DO PENSAMENTO E DA LINGUAGEM

9381 palavras 38 páginas
A CONSTRUÇÃO DO PENSAMENTO E DA LINGUAGEM
VYGOTSKY, L. S. São Paulo, Martins Fontes, 2001

O livro “A construção do pensamento e da linguagem” é a versão integral traduzida diretamente do russo do livro que no Brasil ficou conhecimento por “Pensamento e Linguagem” (publicada pela Martins Fontes em 1991), tradução que havia sido feita de um resumo da obra original publicado em inglês.
No decorrer da obra, o autor parte da colocação do problema e analisa os métodos de investigação empregados na área de Psicologia em investigações sobre a linguagem. Analisa criticamente as teorias do desenvolvimento da linguagem e do pensamento mais elaboradas e mais fortes, como as teorias de Piaget e Stern a fim de contrapor o método de investigação e
…exibir mais conteúdo…

A palavra é compreendida então não só como unidade do pensamento e da linguagem mas também como unidade da generalização e da comunicação, da comunicação e do pensamento.
Só é possível entender o processo de desenvolvimento do pensamento e o desenvolvimento social da criança quando aprendemos a ver a unidade entre comunicação e generalização. Por isso, a questão central da pesquisa de Vygotsky diz respeito às relações entre pensamento/palavra e generalização/comunicação.
O autor fecha o capítulo ressaltando que a adoção do método de decomposição em unidades mostra que existe um sistema semântico dinâmico que representa a unidade dos processos afetivos e intelectuais. A adoção de tal método “permite revelar o movimento direto que vai da necessidade e das motivações do homem a um determinado sentido do seu pensamento, e o movimento inverso da dinâmica do pensamento à dinâmica do comportamento e à atividade concreta do indivíduo” (16/7).

Capítulo 2 – A linguagem e o pensamento da criança na teoria de Piaget – estudo crítico

Para Vygotsky, Piaget estudou de maneira sistemática, ousada, com profundidade e amplitude de abrangência as peculiaridades da lógica infantil. Ele compara a importância do surgimento da obra desse autor àquelas de Freud, Levy-Bruhl ou Blondel, pensadores nos quais Piaget se apoiou.
Piaget caracterizou positivamente o pensamento da criança, dizendo que ele apresenta questões de qualidade e não de quantidade. Para ele, o desenvolvimento do

Relacionados