CIDADANIA, DEMOCRACIA E A POLIS NA GRECIA ANTIGA.

1285 palavras 6 páginas
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 3
2 DESENVOLVIMENTO 4
3 CONCLUSÃO 7 REFERÊNCIAS 8
1 INTRODUÇÃO O presente estudo tem com objetivo, analisar a cidadania, a democracia e o conceito de polis na Grécia Antiga. A cidadania com seu surgimento na Grécia, sobretudo em Atenas, com um conceito diferenciado, pois para ser cidadão ateniense era necessário contemplar exigências que excluam a maioria da população. Com o surgimento de uma nova organização politica, a polis ou cidade-estado, influenciaram as novas capacidades especulativas de pensamentos desenvolvidas pelos gregos. A concepção de polis é um
…exibir mais conteúdo…
A concepção de polis significativa, em seu sentido clássico, um estado autônomo que se governava a si mesma, não implicando se nessa polis a estrutura de governo fosse uma democracia, oligarquia ou tirania. Para os gregos, a polis significava sempre uma comunidade e não especificamente uma área urbana e zona rural intercambiavam e a estrutura mental grega, quando pensava a polis, não fazia distinção entre vida urbana e vida rural. Contudo, à polis era sempre pequena em área e população

Relacionados

  • Cidadania e democracia na grécia antiga
    1665 palavras | 7 páginas
  • A geometria e a astronomia na grecia antiga
    2784 palavras | 12 páginas
  • A morte e cultos funerários na grécia antiga
    2450 palavras | 10 páginas
  • Desporto na antiga grécia
    8739 palavras | 35 páginas
  • A familia na grecia antiga
    1749 palavras | 8 páginas
  • ANTIGUIDADE: Democracia, cidadania e república na civilização greco-romana.
    1411 palavras | 6 páginas
  • A CIDADANIA NA ROMA ANTIGA
    1364 palavras | 6 páginas
  • economia na Grécia Antiga
    4903 palavras | 20 páginas