Dia da consciência negra

1698 palavras 7 páginas
Dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra, Feriado em muitos municípios, comemorado no dia 20 de novembro remete-nos a Zumbi dos Palmares, o maior ícone da resistência negra ao escravismo no Brasil. Data marcada país afora por manifestações, passeatas e seminários em várias cidades brasileiras, em cerca de 225 municípios trata-se de feriado, tamanha a importância do evento. O estado onde mais cidades decretaram feriado é o Rio de Janeiro.
O Mito:
Zumbi foi o grande líder do quilombo dos Palmares, respeitado herói da resistência anti-escravagista. Pesquisas e estudos indicam que nasceu em 1655, sendo descendente de guerreiros angolanos. Em um dos povoados do quilombo, foi capturado quando garoto por soldados e entregue ao
…exibir mais conteúdo…
Pelé: E os nomes de Edson Arantes do Nascimento

Rei do Futebol, Atleta do Século, Dico, Gasolina, “Crioulo” para os companheiros de Santos ou, simplesmente, Pelé.

A carreira de Pelé pode ser classificada como genial, incrível, impressionante, espetacular… adjetivos não faltam. Assim como não faltam apelidos para Edson. O primeiro deles foi Dico. Assim era chamado o menino que chegara aos quatro anos em Bauru. Mas Dico virou Pelé. O nome que marcou o gênio nasceu de forma curiosa. Quando menino, Edson disputava as aguerridas partidas de futebol com os outros meninos na posição de goleiro. A cada ponte bem executada, defesa sólida e saída bem sucedida das metas, gritava “Bilé”. Os companheiros dos jogos de várzea entendiam o grito como “Pelé” e começaram a chamar o garoto dessa forma. O então Dico detestava o apelido e justamente por isso é que pegou. Edson, que virou Dico, agora era Pelé.
A FIFA, em 2000, o elegeu como Jogador de Futebol do Século XX. Negro no Poder
22/01/09

"Fico vendo essas coisas
Vendo tudo acontecer
Injustiças e maus tratos
E o abuso do poder

Quando olham minha gente
Nunca é pra proteger
Muitas cosias acontecem
E o meu povo resistindo

Oh!Jah!
Negro no poder...
Pra já!
Negro no poder..."

Em

Relacionados

  • Redação sobre a valorização do negro na sociedade brasileira
    881 palavras | 4 páginas
  • Projeto cor da cultura: educação não tem cor
    1454 palavras | 6 páginas
  • O que são as políticas de ação afirmativa e para que servem?
    1343 palavras | 6 páginas
  • A nossa herança africana
    1375 palavras | 6 páginas
  • Consciência negra em sociologia
    1326 palavras | 6 páginas
  • Consciencia negra
    818 palavras | 4 páginas
  • Lei 10.639
    2213 palavras | 9 páginas
  • Projeto: preservação e valorização do meio ambiente
    1841 palavras | 8 páginas
  • Sociologia
    886 palavras | 4 páginas
  • Produção textual individual desigualdade, diversidade e violência na sociedade brasileira: a questão dos afrodescendentes - serviço social 1º sem. unopar
    2523 palavras | 11 páginas