Fisiologia dos Golfinhos

1928 palavras 8 páginas
Fisiologia do Golfinho (Delphinus delphis)

Fisiologia do Golfinho (Delphinus delphis) Sumario

1. INTRODUÇÃO....................................................................................................3

2. OBJETIVO..........................................................................................................4

3. DESENVOLVIMENTO................................................................5

3.1 Descrição Geral do golfinho...................................................5,6
3.2 Classificação.............................................................................7
3.3 Sistema
…exibir mais conteúdo…
Entre as duas formas existem diferenças físicas e comportamentais. Pesquisas recentes baseadas em estudos morfológicos e genéticos sugerem a existência de duas espécies distintas. Os juvenis são geralmente mais claros que os adultos na região dorsal, podendo apresentar um cinzento com tons azulados. Os machos atingem dimensões superiores às das fêmeas, não existindo dimorfismo evidente. Apenas a região genital, localizada na face ventral do tronco, permite destinguir os sexos. Os machos apresentam nessa zona um par de fendas longitudinais, uma atrás da outra. As fêmeas apresentam três fendas paralelas. As duas pequenas fendas laterais alojam um mamilo cada uma e a terceira é a fenda genital. Possuí hábitos pelágicos e executa frequentes saltos para fora de água. São encontrados a profundidades superiores a 100 m, mas podem aproximar-se bastante da costa. Normalmente é avistado em grupos numerosos, que podem integrar centenas de indivíduos (foi registado em alto mar um grupo com cerca de 1000 indivíduos), inclusivamente de outras espécies (por ex. um golfinho riscado e um roaz-corvineiro). Apresenta uma ampla gama de vocalizações ligadas à comunicação e ecolocação. Engolem o alimento inteiro, utilizando os seus 40 a 55 dentes pontiagudos somente para segurar as presas. São animais bastante ágeis, viajando a grande velocidade e saindo completamente da água com frequência. Também é frequente que se aproximem da proa

Relacionados

  • Camuflagem
    1789 palavras | 8 páginas
  • Mamiferos e Aves (zoologia)
    1450 palavras | 6 páginas
  • Album de invertebrados
    1112 palavras | 5 páginas
  • exercicio
    6180 palavras | 25 páginas
  • Lista de Exercícios Anatomia Animal
    6178 palavras | 25 páginas
  • exercicio de biologia
    3709 palavras | 15 páginas
  • Exercícios sistema respiratório
    3268 palavras | 14 páginas
  • redação
    15529 palavras | 63 páginas
  • Os Peixes S O Animais Vertebrados
    4419 palavras | 18 páginas
  • Paleontologia e Biologia
    6348 palavras | 26 páginas