Cidades-estado na antiguidade clássica

868 palavras 4 páginas
Resumo do texto “Cidades estado na antiguidade clássica.” Noberto Luiz Guarinello
História da Cidadania. Jaime Pinskey, Carla Bassanezi (org.) São Paulo; Contexto, 2003
Palavras-chave: Cidades-estado, Cidadania, Transformações e Política
O texto “Cidades-estado na Antiguidade Clássica” escrito por Norberto Luiz Guarinello foi publicado no livro História da cidadania do autor Jaime Pinskey. O presente texto visa discutir algumas questões sobre a história da cidadania e o modo de viver nas cidades-estado. Partindo deste princípio, o autor apresenta um singelo quadro evolutivo, no qual se demonstra um reconhecimento histórico e progressivo da análise do conceito de cidadania buscando fazer uma relação com a sociedade contemporânea. Segundo o texto alguns historiadores buscaram as raízes de elementos como a democracia, a liberdade, a cidadania e a soberania na cultura greco-romana. Entretanto, o autor busca esclarecer as perspectivas em que a sociedade atual é influenciada pelas ideologias da Antiguidade Clássica, deixando claro que a cidadania atual e a passada são distintas, e, portanto não é uma continuidade. O conceito de cidadania é histórico e se constitui a partir dos contextos históricos, sociais, econômicos e políticos. Logo no inicio do texto fala-se na diferença existente entre as Cidades-estado e os Estados-nacionais. Nas proximidades do mar Mediterrâneo, entre os séculos IX e VII a.C, as Cidades-estado surgem em meio a um grande desenvolvimento econômico, que

Relacionados

  • Cidades-estado na antiguidade clássica - guarniello
    917 palavras | 4 páginas
  • O mundo antigo clássico
    1341 palavras | 6 páginas
  • Arquitetura e Urbanismo
    3873 palavras | 16 páginas
  • Evolução historica da economia
    4338 palavras | 18 páginas
  • Renascimento (Humanismo, Antropocentrismo, Individualismo) - Questões de Vestibulares
    1979 palavras | 8 páginas
  • alegoria do patrimonio
    1298 palavras | 6 páginas
  • santo andré de mantua
    2690 palavras | 11 páginas
  • Dissertação sobre filosofia antiga
    946 palavras | 4 páginas