Direito como fato social

930 palavras 4 páginas
3 - DIREITO COMO FATO SOCIAL

O direito reflete a realidade, especialmente as formas de interação e os valores predominantes. Como controle social, o direito tem função determinada ao definir os status e os papéis sociais. Define também a polarização do comportamento esperado e os limites para determinar o comportamento desviado. A legitimidade é invocada como garantia do que é correto e indiscutível. Importa, porém, ressaltar-lhe a relatividade com referência às características do momento histórico.

3.1 - FORMAS DE SOCIABILIDADE E DIREITO

O direito é função das formas de sociabilidade predominantes no grupo social. Por formas de sociabilidade entendem-se tipos de interação que se apresentam predominantes. Podemos
…exibir mais conteúdo…
3.2 - FUNÇÃO SOCIAL DO DIREITO

O direito é um fenômeno social pela origem, pelo desenvolvimento e pela aplicação. Nasce da sociedade, desenvolve-se com ela e a ela se aplica. Encontra-se o direito, outrossim, configurado no tempo e no espaço.

“O direito é uma ordem que atribui a todo membro da comunidade seus deveres e, desse modo, sua posição na comunidade, por meio de uma técnica especifica, prevendo um ato de coerção, uma sanção dirigida contra o membro da comunidade que não cumpre seu dever” (Hans Kelsen).

A sociedade tem como objetivo principal a paz na convivência dos indivíduos. Do equilíbrio entre os direitos individuais, aliados ao direito do conjunto, é que advém a eunomia (estrutura saudável). Isso implica ver assegurados direitos fundamentais, mas também a restrição a outros em benefício de todos. “Do mesmo modo que é necessário para todos os homens que buscam a paz renunciar a certos direitos naturais, isto é, não ter liberdade para fazer tudo aquilo que lhes apraza, é necessário também, por outro lado, para a vida do homem, reter alguns desses direitos, como o de governar os próprios corpos, o de desfrutar do ar, da água, do movimento, dos caminhos para deslocar-se de um lugar a outro, e todas aquelas outras coisas sem as quais um homem não pode viver ou pelo menos não pode viver bem” (Thomas Hobbes).

Com efeito as normas se estabelecem tendo em vista

Relacionados

  • Fato social: anomia
    1901 palavras | 8 páginas
  • O que é fato social
    1359 palavras | 6 páginas
  • Sociologia do Direito: O fenômeno jurídico como fato social
    800 palavras | 4 páginas
  • Aborto: fato social ou patológico?
    1314 palavras | 6 páginas
  • Fato social –émile durkheim
    2144 palavras | 9 páginas
  • O Direito como fato social e as funções sociais do direito
    1845 palavras | 8 páginas
  • O que é fato social
    972 palavras | 4 páginas
  • 03 Caracteristicas do fato social
    828 palavras | 4 páginas
  • O que é fato social-resumo emile durkheim
    1299 palavras | 6 páginas
  • fato social sobre arquitetura
    1680 palavras | 7 páginas