Nação

941 palavras 4 páginas
NAÇÃO 1. A Nação: um conceito equívoco?

O conceito de nação na Ciência Política tem sido incriminado de ostentar como dizia Sestan ‘caráter fugaz plurisignificante e até equívoco . Haurion traz uma boa noção do significado da palavra nação dentre algumas que surgiram ,nação segundo ele é um grupo humano no qual os indivíduos se sentem mutuamente unidos por laços tanto matérias como espirituais ,bem como conscientes daquilo que os distingue dos indivíduos componentes de outros grupos nacionais. Aldo Bozzi por sua vez repete outros publicistas ao acentuar no conceito de nação o idem sentire(o mesmo sentimento )derivado da comunhão de tradição ,da história ,de língua ,de religião ,de literatura e de arte que são
…exibir mais conteúdo…
E , por conseguinte ,não é a raça elemento bastante para dar-nos os traços configurantes do que seja uma nação. Outro elemento isolado que não traz o conceito de nação é a religião , evidentemente podemos ter uma só religião referida a vários Estados , como temos Estados nos quais se professa mais de um credo religioso . A Alemanha metade protestante metade católica , no entanto ninguém pode negar o povo alemão de atributos nacionais ,o catolicismo que abrange toda a América Latina o protestantismo na Europa ocidental . Sem dúvida não seria o fator religioso aquele que nos proporciona o conceito de Nação. Será então a língua o agente determinante da nacionalidade ?
Não , por uma razão bastante simples : a história está repleta, não apenas de história ,mas toda vida contemporânea , de Estados ou comunidades nacionais onde se falam vários idiomas . A indagação sobre o conceito de Nação cresce de vulto quando se retoma aquela perplexidade com que Ernesto Renan interrogava : Como a Suiça ,que tem três língua , três religiões , e não sei quantas raças ,fica a interrogação : O que é uma Nação ? Será porventura a raça ? a religião ? o idioma, e tudo isso podendo ser algo mais podendo ser algo mais ou algo menos . Nação existirá sempre que tivermos síntese espiritual ou psicológica , concentrando os sobreditos fatores , ainda que falte um ou outro dentre os mesmo . De todos esse

Relacionados

  • a construção do estado da nação
    1892 palavras | 8 páginas
  • Nação como novidade: da revolução ao liberalismo
    930 palavras | 4 páginas
  • O território nacional: a construção do Estado e da Nação
    6453 palavras | 26 páginas
  • Resumo Dilemas do nascimento - Paulo César Nascimento
    2464 palavras | 10 páginas
  • Estado-nação
    2066 palavras | 9 páginas
  • resenha marilena chaui
    1968 palavras | 8 páginas
  • Resenha do livro de hobsbawn
    2913 palavras | 12 páginas
  • Nacionalismo, xenofobia e guerras do século XX
    4076 palavras | 17 páginas
  • Estados territoriais
    837 palavras | 4 páginas