Positivismo e o Elementarismo

3716 palavras 15 páginas
INTRODUÇÃO

O presente trabalho, tem como objectivo apresentar uma resenha da Psicologia científica, debruçando do positivismo e o Elementarismo como correntes do pensamento que deram seu contributo para o desenvolvimento da psicologia como ciência. A psicologia moderna nasceu na Alemanha no final do século XIX, Wundt, Weber e Fechner trabalharam juntos na Universidade de Leipzig e seu status de ciência é obtido á medida que se liberta da Filosofia e desta maneira sob novos padrões de produção de conhecimento.
Os pioneiros da Psicologia procuraram, dentro das possibilidades, atingir tais critério formulando teorias. Entretanto os conhecimentos produzidos inicialmente caracterizaram-se, muito mais, como postura metodológica que
…exibir mais conteúdo…
O estado teológico

é concebido por Comte como sendo provisório e preparatório, e é caracterizado por uma forma de pensar ainda mitológica, em que o espírito humano busca explicações para os fenómenos em entidades sobrenaturais. Não é à toa que Comte também denomina esse estado de fictício, pois, como parece transparecer, ele representa um momento em que o espírito humano está voltado, ainda, para uma explicação da realidade que é fruto de uma especulação fantasiosa e não do uso “racional” da razão humana. O estado teológico possui, segundo Comte, três fases consecutivas: o fetichismo, o politeísmo e o monoteísmo. A primeira, é aquela em que o homem atribui aos corpos exteriores vida semelhante à sua, embora com poderes mais elevados; um exemplo é a adoração aos astros; a segunda, é aquela em que o espírito teológico começa a fazer uso, mais propriamente, da imaginação especulativa; essa fase marca a passagem “...em que a vida é finalmente retirada dos objectos materiais, para ser misteriosamente transportada para os diversos seres fictícios, habitualmente invisíveis...”3, e

Relacionados

  • Resenha - o positivismo
    2006 palavras | 9 páginas
  • Compreensão do positivismo e funcionalismo
    1900 palavras | 8 páginas
  • o positivismo, a fenomenologia e a dialética
    1255 palavras | 5 páginas
  • O positivismo na poesia
    9326 palavras | 38 páginas
  • Relação entre positivismo lógico, popper e kuhn
    867 palavras | 4 páginas
  • Positivismo e o Barão de Munchausen
    989 palavras | 4 páginas
  • Positivismo e Determinismo
    2096 palavras | 9 páginas
  • Positivismo, o Determinismo, o Evolucionismo e o Marxismo.
    3153 palavras | 13 páginas
  • O Determinismo Científico, Positivismo e Ciências humanas, Reflexos do Positivismo e A Psicologia Comportamentalista.
    967 palavras | 4 páginas
  • O positivismo jurídico e o jusnaturalismo na sociologia jurídica e no direito.
    4819 palavras | 20 páginas