Um lugar para a geografia

1854 palavras 8 páginas
Autor: Odir Correia

GOMES, Paulo Cesar da Costa. Um lugar para a geografia: Contra o simples, o banal e o doutrinário. In: MENDONÇA, Francisco; LOEN-SAHR, Cicilian Luiza; SILVA, Marcia da
(orgs.). Espaço e Tempo: complexidade e desafios do pensar e do fazer geográfico.
Curitiba/PR: ADEMADAN, 2009.

Paulo Cesar da Costa Gomes é graduado em Geografia pela Universidade Federal do
Rio de Janeiro (1980), mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro
(1988) e Doutor em Geografia pela Sorbonne – Universidade de Paris IV (1992). Professor convidado em diversas Universidades da França (La Rochelle, Pau, Lyon e Reims), bolsistapesquisador na Universidade de Ottawa, Canadá (1995 e 2002), Pós-Doutorado na
Universidade de
…exibir mais conteúdo…

Nessas quatro situações percebemos que o que se pretendia afirmar era a singularidade da geografia em relação às outras ciências, pois ainda que se constatassem problemas de integração aos métodos das outras disciplinas, de forma alguma se estava renunciando ao prestigioso estatuto de ciência. A partir dos meados do século passado essas quatro linhas de raciocínio apresentadas pelos geógrafos começam a mostrar claros sinais de insuficiência. Muito se falou também da dificuldade em aplicar um conhecimento que não era fundado em modelos abstratos e por isso a dificuldade em operacionalizar esse conhecimento como faziam as outras áreas. As principais falhas eram atribuídas à ausência ou ao pequeno desenvolvimento de uma discussão teórica dentro do campo da geografia. O futuro da geografia dependeria da capacidade de gerar instrumentos de analise abstratos que permitissem passar da geografia dos elementos para a construção de uma verdadeira ciência geográfica. A busca por um objeto: limites e frustações: Para alguns, a busca do objeto tomou a forma de uma verdadeira epopeia mítica. Encontrar um objeto para a geografia corresponderia a salvar a disciplina de sua deriva, haveria a definição de novos rumos, a geografia se libertaria do classicismo e serviria à libertação social. O nome desse mágico objeto era
“espaço” e como

Relacionados

  • Um lugar para a geografia: contra o simples, o banal e o doutrinário
    1384 palavras | 6 páginas
  • Conceitos chave da geografia
    3916 palavras | 16 páginas
  • RESENHA CRITICA YVES LACOSTE GEOGRAFIA SERVE ANTES DE MAIS NADA PARA FAZER A GUERRA'
    1979 palavras | 8 páginas
  • Aprendendo a ler o mundo: a geografia nos anos iniciais do ensino fundamental - helena copetti callai
    2107 palavras | 9 páginas
  • Yves lacoste
    1865 palavras | 8 páginas
  • RESUMO O CONCEITO DE LUGAR NA GEOGRAFIA CULTURAL-HUMANISTA: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A GEOGRAFIA CONTEMPORÂNEA
    381 palavras | 2 páginas
  • Resumo do Livro - Geografia Pequena História Critica
    11295 palavras | 46 páginas
  • Síntese dos conceitos de espaço, território, paisagem, região e lugar
    1056 palavras | 5 páginas
  • A geografia isso serve, em primeiro lugar, para fazer a guerra.
    1700 palavras | 7 páginas